Xiaomi 11i HyperCharge é oficial: 120W de carregamento na gama-média

Bruno Coelho
Comentar

A Xiaomi apresentou no final de outubro o Redmi Note 11 Pro Plus na China. Tanto este como os smartphones mais modestos da linha tardam em ser apresentados na Europa. Mas o Redmi Note 11 Pro Plus chega agora a mais um mercado (a Índia) sob o nome Xiaomi 11i HyperCharge.

O smartphone segue a ideologia da versão chinesa, e recebe no nome como referência à velocidade de carregamento, por ser o primeiro gama-média com 120W de velocidade. Isto significa que consegue carregar a sua bateria de 4500mAh em pouco mais de 15 minutos, segundo a marca.

xiaomi

Xiaomi 11i HyperCharge tem ecrã AMOLED com 120Hz

Este smartphone chega com um processador MediaTek Dimensity 920. E é bom ressalvar que não falha no ecrã, já que tem um painel AMOLED de 6,67” polegadas resolução Full HD+ e 120Hz de taxa de atualização.

Destaque ainda para a câmara principal de 108 MP, acompanhada por uma ultrawide de 8 MP e macro de 2 MP. A câmara frontal é de 16 MP, e encontra alojada num punch-hole no topo central do ecrã.

De realçar ainda que este é um smartphone com acabamento traseiro em vidro, tem certificação IP53, altifalantes estéreo, infravermelhos e entrada para jack 3,5 mm. Mas não foi o único smartphone a ser apresentado.

xiaomi

O Redmi Note 11 Pro lançado em outubro na Índia passa a chamar-se Xiaomi 11i, na Índia. As grandes diferenças para a versão HyperCharge é que tem uma bateria de 5160mAh e o carregamento é de “apenas” 67W.

Preços dos Xiaomi 11i:

  • Xiaomi 11i HyperCharge de 6 GB + 128 GB - 26999 rúpias (320 euros)
  • Xiaomi 11i HyperCharge de 8 GB + 128 GB - 28999 rúpias (344 euros)
  • Xiaomi 11i de 6 GB + 128 GB - 24999 rúpias (297 euros)
  • Xiaomi 11i de 8 GB + 128 GB - 26 999 rúpias (320 euros)

Como referimos acima, estes são smartphones por enquanto apenas direcionados para o mercado indiano. Diz-nos nos comentários o que pensas sobre os mesmos, e se gostarias de os ver a ser lançados globalmente.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.