Windows 10 terá janelas de cantos arredondados no futuro

Daniel Pinto

A Microsoft proporciona, a todo um momento, uma tentativa de melhoria daqueles que são os recursos do Windows 10, bem como o sistema operativo como um todo, de forma a que este seja cada vez mais capaz e apelativo.

Por falar em tornar-se mais apelativo, a verdade é que grande parte das mais recentes novidades tem passado por pequenas transformações a nível de design, como é o caso da aplicação do Fluent Design System. Este, por sua vez, tem que ver com o conceito mais tridimensional que a Microsoft pretende adotar no Windows.

Windows 10 Microsoft

Aliás, o primeiro grande conjunto de ícones que serão bastante familiares com quase todos os utilizadores da plataforma deverão ser os do Office. Word, Outlook, Excel, PowerPoint e OneNote, todos eles, também para iOS e Android, receberam uma mudança a nível do desenho dos seus ícones. E o mesmo deverá acontecer com o mais diverso tipo de aplicações e menus.

Windows 10 terá algo que não se vê há uma década...

Todavia, a grande novidade surge por parte de uma confirmação no Twitter, sobre aquele que deverá ser o futuro do sistema da gigante de Redmond, artisticamente falando. Zac Bowden, editor no Windows Central, confirmou que, brevemnte, as janelas utilizadas todos os dias por milhões de utilizadores no Windows passarão a ter cantos arredondados.

Em grande medida, tal medida virá destoar com aquela que foi a aposta da empresa de tecnologia norte-americana até ao momento, dado que desde 2009 que a Microsoft adotou um design retilíneo. No entanto, concorrentes como a Apple ou a Google fazem o oposto desde então.

Assim, espera-se que talvez em 2020, numa das duas grandes atualizações que aí serão lançadas, a Microsoft inclua essa pequena grande mudança. Ainda que pareça que não fará uma diferença assim tão preponderante, a verdade é que se vê a tecnológica sediada em Seattle a querer entrar numa nova década com um design totalmente novo, mais clean, mais simples e, acima de tudo, menos boring possível.

Editores 4gnews recomendam:

Fonte | Via