Os Chromebooks são a tentativa da Google em imitar o ecossistema fantástico que a Apple conseguiu construir. No entanto, a empresa está longe de obter o sucesso desejado. Não obstante, no mercado americano, este tipo de computadores têm tido bastante sucesso na área estudantil, muito por culpa da sua simplicidade e segurança.

Vê também: Microsoft irá remover a funcionalidade “Encaixar” da Xbox One

   

Estes computadores cujo sistema operativo foi desenvolvido pela Google conseguem até, em alguns casos, ultrapassar as vendas dos PCs com Windows nos EUA. Como tentativa de contornar esse problema, a Microsoft poderá estar a desenvolver uma versão mais leve do seu sistema operativo, o Windows 10 Cloud.

Desenganem-se os que, neste momento, estão já a pensar num sistema operativo muito à base de serviços cloud. De facto, esta designação nada terá que ver com tal paradigma. O Windows 10 Cloud será então uma versão mais simples e leve do Windows 10 e que correrá apenas aplicações unificadas disponíveis na Windows Store.

Esta é uma filosofia um pouco idêntica à utilizada com o Windows RT disponibilizado à uns anos atrás e que não surtiu o efeito desejado. Portanto, é natural que duvidemos também do sucesso deste suposto Windows 10 Cloud no mercado atual. Contudo, o Windows RT era baseado no Windows 8 e não no Windows 10. A versão mais recente da plataforma da empresa de Redmond é bem mais capaz de ser bem sucedida nesse âmbito.

Convém frisar novamente que tudo isto não passa de uma suposição e que foi descoberta conjuntamente com outras versões do Windows 10 ainda em fase de desenvolvimento. A ser verdade, a Microsoft poderá apresentar o seu Windows 10 Cloud no mês de maio. Isto porque é nessa altura em que se dará a Microsoft Build 2017.

Talvez queiras ver:

Microsoft retira Lumia 950 de loja online na Alemanha

Apple iOS com ícones “Live Tiles” do Windows OS? Quem sabe em breve!

Meizu Pro 7 com ecrã curvo avistado em nova foto

Viagsmarena
Fontezdnet
O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.