WhatsApp vai mudar a forma como usas a app com esta novidade

Bruno Coelho
Comentar

A Meta está empenhada na melhoria frequente do WhatsApp. O serviço de mensagens mais usado em todo o mundo recebeu recentemente a possibilidade de adicionar vários dispositivos para uso único, e na última semana chegaram as reações com emojis ou a possibilidade de enviar ficheiros até 2 GB.

O próximo passo do WhatsApp passa agora por adicionar uma funcionalidade até agora apenas disponível no WhatsApp Business. Segundo revela o WABetaInfo, trata-se da possibilidade de filtrar conversas.

WhatsApp is working on filtering chats, groups, and more!After introducing the ability to filter chats to business accounts, WhatsApp is now working on bringing the same feature to standard WhatsApp accounts in a future update.https://t.co/gSdKXXIf2p

— WABetaInfo (@WABetaInfo) 10 de maio de 2022

Filtragem de conversas a ser testada no WhatsApp

Como podes ver na imagem partilhada, existe um botão de filtro visível nas contas de negócios quando se clica na barra de pesquisa no computador. Esta funcionalidade facilita a visualização de conversas não lidas, contactos, não contactos ou grupos.

Filtragem de conversas a ser testada no WhatsApp. Crédito: WABetaInfo
Filtragem de conversas a ser testada no WhatsApp. Crédito: WABetaInfo

A ideia é que as contas “normais” do WhatsApp passem a ter a mesma possibilidade numa futura atualização da app. A diferença é que este botão de filtro vai estar sempre visível mesmo que não estejas as pesquisar por conversas ou mensagens.

Esta imagem foi retirada do WhatsApp Desktop Beta. No entanto, a fonte refere que a novidade vai chegar no futuro a WhatsApp Beta para Android e iOS. E certamente vai mudar a forma como muitos utilizam a plataforma.

Para aquelas pessoas que têm de lidar com várias conversas e grupos diariamente, ter estes filtros pode efetivamente revolucionar a forma como usam a app.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.