WhatsApp melhora a tua experiência com 2 grandes novidades

Bruno Coelho
Comentar

O WhatsApp anunciou novidades para que as organizações, empresas e outros grupos possam comunicar de forma segura e alcançar os seus objetivos na plataforma. Depois de anunciar as reações de emoji, o serviço apresentou mais duas grandes novidades para os utilizadores.

WhatsApp passar a deixar enviar ficheiros de até 2 GB

Depois dos testes, o serviço passa finalmente a deixar-te enviar ficheiros a partir do WhatsApp de até 2 GB, um de cada vez. Estes serão protegidos por encriptação ponta a ponta. O anterior limite cifrava-se nos 100 MB.

“Achamos que será útil para a colaboração entre pequenas empresas e grupos escolares. Recomendamos que utilizes Wi-Fi para os ficheiros maiores. Iremos mostrar uma contagem enquanto carregas ou descarregas ficheiros, para ficares a saber quanto tempo a transferência irá demorar”, esclarece o WhatsApp em comunicado.

Whatsapp

Grupos no WhatsApp passam a poder adicionar até 512 pessoas

Um dos pedidos mais feitos ao WhatsApp era a opção de adicionar ainda mais pessoas a uma conversa. Agora a plataforma anuncia a implementação progressiva de adicionar até 512 pessoas a um grupo.

O WhatsApp refere ainda que “a criação de comunidades privadas e seguras exige trabalho e estamos convencidos de que este conjunto de melhorias irá ajudar as pessoas e os grupos a manterem-se mais unidos”.

A estas duas novidades juntam-se, como já te contamos neste artigo, a reações por emoji no WhatsApp. Esta começaram a ser implementadas esta quinta-feira, e estarão disponíveis para todos os utilizadores nos próximos dias.

Se estás num grupo de grandes dimensões no WhatsApp, a possibilidade de progressivamente chegar aos 512 utilizadores vai certamente agradar-te. E o mesmo se pode dizer do limite de 2 GB para o envio de ficheiros.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.