WhatsApp força os utilizadores a ver a sua atualização de Status

Rui Bacelar
Comentar

O WhatsApp está a usar a ferramenta Status ou Estado, as atualizações de estado que os utilizadores podem definir, opção similar aos Stories do Instagram ou Facebook, para mostrar a todos os utilizadores "uma importante mensagem sobre a sua privacidade".

"O WhatsApp dá agora informações no Estado! É aqui que serão apresentadas as novas funcionalidades e atualizações", pode ler-se na primeira página. As demais publicações volta a frisar a tónica da privacidade e o respeito pelo conteúdo que o utilizador partilha.

O WhatsApp toma novas medidas para resgatar a sua reputação

WhatsApp Status

A atualização recente do WhatsApp trouxe-nos novos avisos afixados no menu Estado. Ao abrir a aplicação e deslizar para este menu, para além dos Estados dos nossos contactos com as respetivas novidades, vemos agora a publicação institucional.

O WhatsApp expressa o seu compromisso com a privacidade do utilizador e volta a referir que não pode ler nem ouvir as conversas pessoais porque estas estão encriptadas de ponto a ponto. A última página pede ao utilizador para se manter atento às novidades que continuarão a ser apresentadas através deste meio.

A medida vem no encalço das desdobradas explicações da empresa pertencente ao grupo Facebook. Desde que anunciou a mudança na sua Política de Privacidade, com consequências desastrosas para a sua reputação, a empresa tem tentado recuperar

As novidades do WhatsApp, agora apresentadas no Estado ou Status

In the past days more users have received a status update from WhatsApp.WhatsApp prioritizes its status update, so it's always pinned to the top of your status updates list. https://t.co/iCk2cB2mpu pic.twitter.com/5mG5zwenEg

— WABetaInfo (@WABetaInfo) 30 de janeiro de 2021

A implementação chegou hoje ao smartphone residente, mas já estaria a ser aplicada em outros dispositivos e regiões nos últimos dias. Aí, em formato similar às Stories do Instagram, podemos ver as "novidades" que para já são um reafirmar da privacidade.

Em síntese, é a mais recente das várias medidas que o grupo Facebook tem tomado para salvar o WhatsApp aos olhos do grande público, tendo inclusive recorrido a anúncios de página inteira em jornais.

Entretanto, o êxodo do WhatsApp para as rivais Telegram e Signal é evidente, com ambas as apps no topo das tabelas na Google Play Store e App Store.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.