WhatsApp com falhas que revelam as atividades do utilizador

Filipe Alves
Cuidado com o WhatsApp
Cuidado com o WhatsApp

O WhatsApp é provavelmente a aplicação mais utilizada para troca de mensagens em todo o mundo. A app foi comprada pelo Facebook há uns anos e até então só tem dado problemas atrás de problemas ao utilizador.

Tal como tudo que passa nas mãos do Facebook, de uma aplicação simples acabou por se tornar numa mixórdia de possibilidades que ninguém sabe ao certo. Tal como o Instagram, o Facebook acabou por dar possibilidade à aplicação (como o Stories) que simplesmente não fazem sentido.

Vê ainda: Já se começa a ver o Apple iPhone X nas ruas mesmo sem ter sido lançado

Mas a minha opinião sobre a aplicação não deve pesar muito, afinal de contas utilizo o Facebook Messenger como forma de comunicação primária e todos sabem o quão questionável isso pode ser.

O WhatsApp está novamente debaixo de fogo devido a vulnerabilidades que podiam ser "facilmente" retiradas. O programador Rob Heaton descobriu uma forma de saber quando é que os seus contactos estavam online, a que horas e com quem falaram.

Pode não parecer grande perda de informação, contudo, é mais grave do que parece. Mesmo desativando a informação que estás ou não "online", o Exploit consegue referir se realmente estiveste na aplicação ou não.

Este tipo de informações é ouro para burlões, stalkers ou scammers. Ao perceberem os teus hábitos conseguirão de uma forma mais simples ganhar a tua confiança e solicitar-te informações que possam mais tarde prejudicar-te.

Uma história de um Scam que não correu bem!

Para perceberes o quão é importante que mantenhas a tua informação segura, vou-te contar uma rápida história sobre um Scam que quase deu certo.

Há uns tempos a minha namorada recebeu uma mensagem de uma amiga da Universidade, solicitando um favor um pouco incomum. A colega pediu-lhe os dados bancários para lhe transferir dinheiro visto que o seu cartão ficou preso numa máquina. (No Reino Unido não existe NIB, os dados de transferência são os dados do cartão).

Não é só no WhatsApp que os scammers atacam!

Esta colega referiu que ela e o "Jimmy", o seu namorado, tinham tido azares com os cartões (ele perdeu o dele) e numa situação incomum ela queria transferir dinheiro para a minha namorada. Consequentemente a minha namorada levantava e dava-lhe.

Achamos a história um pouco estranha, mas ela escrevia da mesma forma, tratava o namorado da forma, como sempre o tratou, e já estava a pegar no cartão para lhe dar as informações, até que... recebe uma chamada da tal colega a dizer que a sua conta do Facebook tinha sido hackeada e que ela estava a ligar a toda a gente indicando que alguém estava a usar os seus dados.

Obviamente as informações não foram dadas, mas agora repara na perícia. O scammer percebeu como era a vida dela, como é que ela escrevia, como é que tratava a minha namorada (com aqueles nicknames todos fofos) e como tratava o seu namorado.

O meu conselho é para utilizares aplicações de mensagens que sejam realmente privadas, esta Wickr Me é uma das melhores no sector e lembra-te... Nunca dês ou exponhas os teu hábitos na web.

Outros assuntos relevantes:

Atualizações para o Android Wear 2.0 chegarão através da Play Store

OnePlus 6 – Conceito mostra-nos um sonho de smartphone

Google Assistant tem agora uma voz muito mais natural graças à WaveNet

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.