WhatsApp começa a bloquear reencaminhamento de mensagens!

Filipe Alves

"Senão encaminhares isto a 7 amigos, vais ter azar para o resto do dia". As míticas mensagens do WhatsApp que me fazem bloquear pessoas a torto e a direto. Contudo, não são apenas estas mensagens que farão o WhatsApp bloquear o reencaminhamento de mensagens.

Esta nova medida que começa a ser imposta nos utilizadores da Europa tem por vontade abrandar o Spam e as notícias falsas na aplicação de mensagens.

WhatsApp começa a bloquear reencaminhamento de mensagens!

O Facebook - dono do WhatsApp - já há muito que refere que estão a criar medidas para diminuir a partilha de notícias falsas (Fake News) através das suas aplicações e projetos. O Facebook e Instagram começaram a olhar mais para quem paga para patrocinar um artigo nas suas redes sociais.

WhatsApp traz funcionalidade para combater as notícias falsas

No WhatsApp, a forma que o WhatsApp teve em abrandar a partilha de notícias falsas foi bloquear o reencaminhamento de mensagens para mais de 5 pessoas. Ou seja, os utilizadores conseguirão reencaminhar uma mensagem para 5 contactos mas não mais.

Quando é que esta funcionalidade chegará ao teu WhatsApp?

Ainda não há datas para o lançamento da nova funcionalidade para todos os utilizadores da aplicação de mensagens. Sabemos apenas que esta característica já começou a ser experimentada por alguns utilizadores e que em breve aparecerá como atualização a todos os equipamentos com esta aplicação.

Assim sendo, este é o fim das mensagens correntes. Pelo menos mensagens a que tens de encaminhar a mais de 5 pessoas. Em suma, se todas as aplicações (incluíndo Facebook Messenger) fizessem algo do género, seria um alívio para a minha caixa de correio. Ademais, seria uma boa forma de combater as Fake News.

Editores 4gnews recomendam:

Esta palavra repetida 5 vezes crasha o teu iPhone

Samsung Galaxy A10, A30 e A50 têm todas as especificações reveladas

Google implacável na aceitação das aplicações da Google Play Store

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.