Volta Zero: novo camião elétrico a chegar à estrada em 2022

Rui Bacelar
Comentar

A Volta Trucks, uma empresa startup com sede na Suécia, acaba de apresentar o seu novo veículo elétrico. Chama-se Volta Zero, é um camião de carga para transporte de mercadorias e prevê-se que a produção comece em 2022, no Reino Unido.

O veículo elétrico, com 16 toneladas, foi concebido especificamente para a entrega de encomendas e cargas citadinas. Dito isto, pode transportar até 8 600 Kg de carga, com uma autonomia de 150 a 200 km, consoante a carga e outros fatores.

O sucesso do camião elétrico dependerá do preço

Camião elétrico Volta Zero
O veículo elétrico foi concebido para circular dentro das cidades.

Face à sua motorização elétrica, composta por um motor elétrico alojado nas imediações do eixo traseiro, o Volta Zero tem menos 90% de componentes mecânicos que um camião convencional com motor de combustão a diesel.

Mais ainda, a Volta quer comercializar este camião a um preço similar ao de um veículo convencional a diesel para competir diretamente com estes. Por outras palavras, a empresa aposta na facilidade de manutenção e preço competitivo.

O camião Volta Zero começará a ser testado na estrada em 2021 por alguns dos maiores operadores no mercado das entregas e transportes. Gradualmente, a empresa espera cativar mais agentes económicos para testar o seu Zero no próximo ano.

A produção do Volta Zero terá lugar no Reino Unido

Cabine interior do camião elétrico Volta Zero
Representação da cabine do camião elétrico Volta Zero

Um dos maiores destaques do Volta Zero é a cabine, ou habitáculo do condutor. Sendo ampla e sem impedimentos causados pela habitual colocação do motor, na parte frontal, o veículo elétrico proporciona uma visão clara em 220 graus.

Adicionalmente, o condutor terá uma visão de 360 graus com recurso aos refletores e ao conjunto de câmaras espalhadas pelo camião, evitando ângulos mortos. A empresa espera que esta benesse seja, também ela, um fator atrativo.

Em declarações à agência Reuters, a empresa sueca afirmou que o primeiro Volta Zero foi fabricado em Warwick, no Reino Unido, avançando também que já estão em negociações com algumas fornecedoras para agilizar a produção dos veículos.

Sem avançar detalhes sobre os fundos atuais da empresa, ou fontes de capital, a startup mostrou-se interessada em conseguir atrair novos investidores para sustentar o desenvolvimento do seu negócio.

Por último, o preço de venda ao público do Volta Zero ainda não foi revelado. Vale, até lá, a promessa de que será similar aos veículos a combustão que cumprem a mesma função.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.