Volkswagen
Crédito: depositphotos

A A Volkswagen tem estado envolta em bastante controvérsia, sobretudo devido ao escândalo das emissões e da manipulação das mesmas. Contudo, hoje temos uma bela notícia proveniente da marca alemã e que beneficiará todos os seus futuros clientes, sobretudo nos meses mais frios.

Pára-brisas. Aquele componente do automóvel que neste mês de janeiro o português que deixa o seu carro na rua o vê coberto por gelo. Quantos de nós e que não lança um balde de água fria, atenção para não usar água quente senão correm o risco de danificar e quebrar o pára-brisas, para tirar a camada de gelo?

Vê também: Xiaomi Mi 6 – Tudo o que sabemos até ao momento

   

Há quem se preocupe com isto, e a construtora alemã  Volkswagen apresenta-nos uma solução audaz e inovadora. Os pára-brisas climáticos da Volkswagen contam com uma fina camada de prata condutora de eletricidade dentro do vidro laminado.

Uma corrente de 400-500 watts corre dentro dessa camada de vidro, ajudando a derreter o gelo. Existe também nas escovas do parabrisas filamentos desse mesmo material que os impede de congelar.

A solução da Volkswagen

Uma combinação que ajudará os condutores a suportar melhor o inverno, contribuindo também para a segurança rodoviária. A Volkswagen começará a implementar esta tecnologia nos seus próximos veículos, com um custo acrescido (extras).
Volkswagen

Os benefícios desta tecnologia vão para além da sua utilidade no Inverno rigoroso. As propriedades de reflexão da camada de prata, permitem a redução até 15 graus da temperatura dentro do habitáculo do carro. Segurança na condução e conforto para o condutor.

Este sistema da Volkswagen é mais elegante que o que está a ser usado pelas marcas de automóveis de luxo, Jaguar e Land Rover que usam vidro aquecido por filamentos, e esses filamentos em certas ocasiões estão visíveis, e de certa forma incomodam e interferem na condução.

A tecnologia da Volkswagen vai estar disponível nos modelos Volkswagen Golf, Golf Sportsvan, Tiguan, Sharan, Passat e Passat Varian. Os preços começam em 340€ acrescendo depois também a mão-de-obra.

Artigo original feito pelo colaborador 4gnews David Ventura

Outros assuntos relevantes:

Toshiba pode tornar-se na maior construtora no mundo de SSD’s

Motorola: Preços e primeiras imagens do novo Moto G5 Plus

Nova imagem confirma rumores sobre o ecrã do LG G6

FonteCNET

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).