Vodafone dá grande passo ambiental na Europa

Bruno Coelho
Comentar

A medida entre em vigor esta quinta-feira, 1 de julho. Todas as operações da Vodafone na Euorpa, passam a ser 100% alimentadas por eletricidade proveniente de fontes renováveis. Tal inclui não só redes móveis e fixas, mas também lojas, escritórios e data centres.

No seu comunicado, a Vodafone afirma que no ano fiscal, iniciado em abril de 2021, “cerca de 96% da energia total consumida pelas operações da Vodafone foi adquirida sob a forma de eletricidade comprada”.

Vodafone quer eliminar todas as suas emissões diretas de carbono até 2030

Isto vai ao encontro do objetivo que a operadora espera cumprir até 2030 de “eliminar todas as emissões diretas de carbono decorrentes das suas próprias atividades e da eletricidade que adquire e utiliza. E até 2040 espera “eliminar por completo as emissões indiretas de outras fontes emissoras”.

vodafone

Recorde-se que, em julho de 2020, “o Grupo Vodafone antecipou o seu compromisso de comprar eletricidade de fontes 100% renováveis na Europa, para julho de 2021”. Este que era um plano inicialmente previsto para 2025. Em África, a empresa espera consegui-lo até 2025.

"A partir de 1 de julho de 2021, os clientes da Vodafone na Europa poderão ter a certeza de que a conetividade que utilizam é inteiramente alimentada por eletricidade proveniente de fontes renováveis”, afirma Nick Read, CEO do Grupo Vodafone.

O executivo reforça que “este é um acontecimento importante que reforça o objetivo ao nível da redução das nossas emissões globais de carbono para zero até 2030”. No comunicado, a operadora afirma que se compromete a “reutilizar, revender ou reciclar 100% dos resíduos da sua rede, até 2025, apoiando a transição para uma economia mais circular”.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Football Manager e o cinema são dois dos seus escapes, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.