vidro de diamante

Uma das coisas que mais nos preocupa quando compramos um smartphone novo é o perigo de o mesmo cair ao chão e partir-se. Felizmente, com o decorrer dos anos, as marcas têm vindo a implementar novos tipos de vidro nos seus produtos que os têm tornado cada vez mais resistentes, mas ainda não totalmente à prova de quebras.

Um dos materiais mais resistentes que podemos encontrar atualmente para revestir o ecrã dos nossos gadgets é a safira. São ainda muito poucas as marcas que utilizam este material nos seus produtos, mas acima deste material existe apenas um, o diamante. Este sim, é o material mais duro do mundo e o quão seria espetacular um smartphone com tamanha proteção.

Vê também: OLX está a recrutar novos talentos para o seu Tech Hub

   

Mas se pensas que tal poderá demorar ainda muito tempo a concretizar-se, tenho uma grande notícia para ti. Atá ao final do presente ano, existe a possibilidade de vermos já um smartphone, smartwatch ou fitband com vidro de diamante.

Existe uma empresa chamada Akhan Semicondutor que se oferece, desde já, a fornecer a uma empresa produtora de smartphones e a uma de wearables o vidro de diamante.

A razão para que a Akhan este ainda a oferecer-se a um número tão limitado de empresas tem que ver com a falta do próprio vidro de diamante. Neste momento, a Akhan Semicondutor compromete-se a fornecer material suficiente para a produção de 10 milhões a 30 milhões de smartphones, e ainda quase um milhão de wearables.

Vidro de diamante e Gorilla Glass: a combinação perfeita

Segundo o CEO da Akhan Semicondutor, este material consegue ser tão resistente quando possas imaginar. Quando combinado com o vidro Gorilla Glass atual, o produto em causa tornar-se-á seis vezes mais resistente e dez vezes mais forte.

Em termos de imagem, o vidro de diamante consegue ser dos materiais mais límpidos que poderemos encontrar para um smartphone ou smartwatch.


Por fim, temos ainda de pesar o fator preço na adoção deste tipo de material. Se nos dias que correm smartphones com vidro de safira podem ultrapassar os 900€, penso que não seja arrojado pensar nos 1000€ para um equipamento com vidro de diamante.

De facto, este material é muito promissor e pode oferecer-nos a tão esperada resistência a todo o tipo de adversidades. Mas será que o seu preço compensará? Estará o mercado preparado para receber um equipamento com tamanha etiqueta? Caso o vidro de diamante comece realmente a ser utilizado, em breve termos as respostas para estas interrogações.

Outros assuntos relevantes:

Huawei vendeu mais smartphones, mas lucrou menos em 2016

Nova imagem confirma a existência do Galaxy S8+

Tbee Box – A tão aguardada box afinal trata-se de uma grande vergonha

Viaphonearena
Fontecnet

O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.