HT10 4G 2

Para além da nova geração de leitores de íris, o HomTom HT10 trará um extenso lote de novidades e melhorias sobre todos os seus antecessores e grande parte da concorrência. Com efeito, um dos aspectos raramente focado pelas construtoras é a facilidade com que o smartphone se ajusta às diferentes redes 4G internacionais e é precisamente esse, o cerne deste artigo.

O significado de uma rede 4G Global

Fazendo um breve aparte, 4gnews (“4=for genius”) em nada tem a ver com as redes 4G. Posto  isto, por rede global 4G entenda-se  a capacidade de um smartphone se conectar a todas as frequências utilizadas pela rede 4G pelo mundo fora. Esta será uma das particularidades do HomTom HT10, sem dúvida uma mais valia para quem costuma viajar bastante, seja em trabalho ou lazer.

   

A HomTom resolveu apostar neste ponto para que, caso tenhas um HomTom HT10 e necessites de viajar, não tenhas que te preocupar com conectividade de rede 4G num ou noutra país e/ou continente. Graças à sua compatibilidade global, bem…é um conceito de fácil apreensão.

HT10 4G 1

Vê também: A HomTom vai lançar o HomTom HT10 com leitor de íris de 2ª geração

Com efeito, o HomTom HT10 será o primeiro smartphone a utilizar a rede 4G global no verdadeiro sentido da palavra. Esta frequência de banda irá cobrir todos os continentes e, graças a esta abrangência tão generosa, a conexão com as mais de 200 operadoras mundiais será automática. Isto é, o HomTom HT10 irá ligar-se a qualquer uma destas operadoras, contornando todo e qualquer possível inconveniente.

Em suma, não terás que te preocupar com incompatibilidades de rede ou quebras de sinal (tirando em áreas desérticas ou selva densa). Este esforço em implementar uma rede 4G global será uma mais valia para o HomTom HT10 e, sem sombra de dúvida, para muitos equipamentos futuros.

Talvez queiras ver: