Vernee Apollo Lite oferece a possibilidade de headphones via USB Type-C ou de entrada 3.5

Filipe Alves

USB Type C

Nos últimos tempos temos visto muita controvérsia devido à remoção da entrada 3.5" jack de headphones dos smartphones. Até aqui na 4gnews temos opiniões mistas. Por exemplo o Bacelar escreveu um artigo o quão considera relevante a entrada 3.5" já eu referi exactamente o contrário.

Certamente por isso a Vernee decidiu tomar uma decisão interessante no seu topo de gama Vernee Apollo Lite. Hoje recebi a confirmação que a entrada USB Type-C do Vernee Apollo Lite terá também a possibilidade de transmitir som de alta qualidade, para além da sua entrada 3.5".

vernee apollo lite 4

Honestamente não sei se funcionarão ao mesmo tempo ou não, mas sei que é uma jogada interessante para a evolução da tecnologia, dando aos utilizadores a possibilidade de atualizar os seus headphones caso considerem relevante ou caso sejam old school continuarem com os 3.5".

vernee apollo lite 2A entrada USB Type-C é garantidamente o próximo passo em todas as empresas, mesmo a Apple, que não deverá deixar o lightning nos iPhones, mas que já introduziu a nova Type-C no mais recente Macbook com rumores alimentando a ideia que a moda continuará.

Na minha opinião não posso concordar mais. Sou um apologista desta tecnologia e como referi da remoção da entrada 3.5" sinto que o MicroUSB já deu o que tinha a dar e está hora de ver coisas novas a serem implementadas no nosso quotidiano.

Sabe mais sobre o equipamento e site oficial AQUI

O Vernee Apollo Lite que aqui falei conta com o processador MediaTek Helio X20, 4GB de RAM, ecrã 5.5" FHD, construção de metal e está a ser comercializado por pouco mais de 200€, um excelente smartphone que vale a pena dar uma olhadela.

Talvez queiras ver:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.