Vendas globais de smartphones voltarão a crescer em 2021

Carlos Oliveira
Comentar

É crença da agência de estudos de mercado Gartner que o mercado de smartphones voltará a crescer em 2021. O último relatório redigido por esta entidade revela otimismo no número de vendas de dispositivos móveis ao longo deste ano, invertendo a tendência de 2020.

O ano que terminou há pouco mais de um mês revelou-se negro em várias vertentes, nomeadamente para a indústria tecnológica. No entanto, a Gartner prevê agora uma recuperação para valores pré-2020 no que concerne à venda de smartphones, devolvendo a esperança às empresas.

Em 2021 deverão ser vendidos 1,5 mil milhões de smartphones

Até ao final de 2021, a agência Gartner estima que sejam comercializados 1,5 mil milhões de dispositivos móveis. Esta cifra traduzir-se-á num crescimento de 11,4% face a 2020.

Smartphones

Se em 2020 os consumidores se retraíram na compra de novos smartphones, essa tendência desaparecerá em 2021. Com novos produtos a chegar ao mercado nos próximos meses, espera-se que o mercado recupere a sua veia consumista.

Esta recuperação será potenciada por quatro grandes mercados: China, Europa Ocidental, Ásia / Pacífico e América Latina. De acordo com as estimativas da Gartner, estes serão os grandes impulsionadores para que o mercado volte a registar números positivos no final do ano.

Para a Europa Ocidental é estimada a venda de 142.769 unidades até ao final do presente ano. Embora estes números representem um crescimento de pouco mais de 17 mil unidades face a 2020, é certamente com agrado e esperança que as marcas olham para estes números.

5G será o grande responsável pelo aumento de vendas em 2021

São dois os principais pilares que sustentam os números avançados pela Gartner: o adiamento na compra de um novo smartphone e o 5G. O último, o mais recente padrão de redes móveis, será o principal interesse de quem procura um novo equipamento em 2021.

5G
O 5G estará mais presente nos equipamentos mais acessíveis

É certo que os topos de gama já ofereciam essa opção em 2020 e nem assim o mercado registou uma tendência de crescimento. Aquilo que, no entanto, inverterá a curva este ano será a presença deste padrão de redes em modelos mais acessíveis.

A chegada do 5G a dispositivos a partir dos 200€ será um grande impulsionador de vendas nos principais mercados mundiais. Já no que concerne aos mercados emergentes, esses consumidores sentir-se-ão mais impelidos por melhores especificações e igualmente pelo suporte ao 5G.

A Gartner estima assim que, até ao final de 2021, sejam vendidos 539 milhões de dispositivos móveis com suporte à conectividade 5G. Isto representará 35% de todos os smartphones vendidos ao longo do presente ano.

Em suma, o 5G apresenta-se como o grande motor do mercado em 2021. Esta será aposta constante das empresas tecnológicas e resta agora esperar que as operadoras nacionais possam seguir-lhes o exemplo.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.