Venda de smartphones dobráveis aumentará 10x até 2023, afirma a Counterpoint

Rui Bacelar
Comentar

Os smartphones dobráveis começaram por ser uma mera curiosidade. Ainda que fizessem várias manchetes, permaneceriam como nota de rodapé nos relatórios de vendas das principais fabricantes como a Samsung. Este cenário, contudo, mudará muito em breve!

Segundo o mais recente relatório da agência de análise de mercado Counterpoint Research, o volume de smartphones dobráveis vendidos aumentará cerca de 10x até 2023. Trata-se de um prognóstico extremamente positivo, sobretudo para a Samsung.

A Samsung será a líder incontestada no segmento dos smartphones dobráveis

Counterpoint Research Samsung
Volume de unidades expedidas até 2023. Crédito: Counterpoint Research

Já este ano - 2021 - o volume de unidades de smartphones dobráveis expedidos deverá triplicar face a 2020. No entanto, a cifra total de unidades expedidas deverá manter-se com um só dígito, chegando ainda assim aos 9 milhões de unidades este ano.

Por outro lado, aponta a Counterpoint Research no seu relatório, esta métrica crescerá exponencialmente no espaço de dois anos - até 2023. Ademais, será a Samsung a única marca a ter uma expressão significativa de dominância neste novo setor.

Mais concretamente, a tecnológica sul-coreana poderá deter até 88% de quota de mercado no setor dos smartphones dobráveis. As suas maiores concorrentes serão a Xiaomi, OPPO, Huawei, entre outras marcas com menor expressão.

Em 2023 a Apple poderá lançar o primeiro dobrável na sua gama de telefones iPhone

Samsung Galaxy Z Fold 3
O próximo dobrável será o Samsung Galaxy Z Fold 3. Crédito: Evan Blass

O mercado de smartphones dobráveis está a despontar, mas continua parco de alternativas e fabricantes. Isto é, para a além da Samsung que domina o setor - e que o continuará a fazer com mais de 75% de quota de mercado - poucas opções temos.

Ainda assim, a Counterpoint acredita que o exemplo de sucesso da Samsung inspirará a concorrência a apresentar as respetivas alternativas. Entre estas o relatório destaca o papel futuro da Xiaomi, OPPO, Vivo, bem como a Honor.

Os grandes nomes da indústria mobile chinesa deverão dedicar mais tempo e recursos ao desenvolvimento dos seus dobráveis. No entanto, para já os melhores produtos deste segmento continuarão a ter a baixela de qualidade da tecnológica sul-coreana.

A Samsung apresentará novos dobráveis a 11 de agosto

Remember that pricing is almost never a direct conversion across markets and currencies. https://t.co/MLvLUynwjG pic.twitter.com/fdbRvnySu6

— Evan (@evleaks) 3 de agosto de 2021

Importa frisar que a Samsung dará a conhecer pelo menos dois novos modelos de smartphones dobráveis muito em breve. Teremos, por exemplo, o Samsung Galaxy Z Fold 3 para os consumidores mais exigentes, bem como o Samsung Galaxy Z Flip 3, provavelmente mais acessível.

Por fim, também a Apple estará a estudar o formato dobrável para uma futura aplicação comercial. Para já, contudo, não temos mais informações sobre o esperado iPhone dobrável que pode chegar em 2023.

Considerariam comprar um smartphone dobrável em 2021?

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.