Depois de alguns anos menos bons para a mítica empresa finlandesa, eis que a Nokia está de regresso ao mercado dos smartphones. Embora sob a liderança da HMD Global, o certo é que voltamos a ver no mercado equipamentos com o nome Nokia inscrito e ainda com o sistema operativo Android.

O Nokia 6, apresentado no mês passado em Las Vegas por ocasião da CES 2017, marcou oficialmente o regresso da Nokia ao mercado. O equipamento foi tão bem recebido entre a comunidade tecnológica que a sua procura tem excedido, e muito, a oferta.

   

Aproveita aqui os melhores descontos em Smartphones

Chegados ao maior congresso de tecnologia móvel do ano, a Nokia não poderia deixar passar esta ocasião em branco. Para a edição deste ano do Mobile World Congress, espera-se que a HMD nos apresente três novos equipamentos.


Com efeito, esperamos que sejam apresentados dois novos gama média, os Nokia 3 e Nokia 5. Estes poderão ser os primeiros equipamentos a serem lançados nos mercados europeu e norte-americano, com preços bem interessantes para as especificações oferecidas.

Apelando ainda à nostalgia do mercado, é ainda esperado que seja apresentada uma nova versão do mítico Nokia 3310. Este continuará a ser um equipamento para tarefas básicos, os ditos telemóveis que servem para fazer e receber chamadas e mensagens, pouco mais. Mas algumas melhorias serão empregues, desde logo um ecrã a cores o que permitirá ao mesmo a reprodução de multimédia.

Não havendo, para já, muito mais a referir sobre o que será apresentado, resta-me informar-te que a apresentação terá início por volta das 15:30 (hora de Lisboa) e que a poderás acompanhar, em direto, através do streaming colocado no cimo deste artigo.

Outros assuntos relevantes:

Huawei P10 e P10 Plus: excelentes e coloridos na luta pela liderança

Huawei já apresentou os Watch 2 Sport, Classic e uma variante Porsche Design

LG G6 já foi anunciado! Esta é a nova aposta da LG

O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.