Utilizas o Instagram, Facebook e outras redes sociais? Tens (mesmo) de ver este documentário na Netflix

Filipe Alves
Comentar

"O Dilema das Redes Sociais" é o nome do documentário que te vai deixar a ficar pensar na tua utilização de redes sociais como o Facebook, Instagram, Twitter ou até mesmo serviços Google.

OA maior parte das pessoas tem uma clara ideia que as redes sociais as "espiam" de certa forma, porém, neste pequeno documentário que está na Netflix vais perceber de forma mais concreta como é que as coisas funcionam.

O documentário sobre redes sociais que tens mesmo de ver

É plenamente plausível que passes mais de 1.34h por dias nas redes sociais, assim sendo, hoje à noite aproveita para não deslizares no infinito e vê este documentário que te dará uma luz mais clara de como é que as tuas informações são usadas pelas gigantes tecnológicas.

"Quando o produto é grátis, é porque tu és o produto". Uma frase que começa a ser mais banal do que devia. Contudo, é assim que funciona com as redes sociais neste momento.

Facebook, Instagram e Redes Sociais são comparadas a drogas

O dilema das redes sociais

O documentário foi um pouco mais longe ao comparar as redes sociais com drogas. Isto porque a satisfação na utilização das redes sociais acaba por fazer com que o nosso cérebro liberte dopamina. Uma substância formada no cérebro que é também formada quando o Ser Humano consome drogas ou faz algo que lhe dá prazer.

Redes sociais fazem dinheiro com os teus dados

O documentário fala ainda como é que as redes sociais fazem dinheiro com as tuas informações. Ainda que não tenha abordado este assunto de forma muito profunda (que vai além daquilo que foi falado), o documentário não falhou ao conseguir transmitir a mensagem a quem não percebe o que se passa.

Em suma, este é um documentário obrigatório se utilizas redes sociais ou então tens filhos que começam a suplicar para terem um perfil nestas redes.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.