Utilizadores de smartphones passam 4 a 5 horas nas redes sociais

Mónica Marques
Comentar

De acordo com um estudo agora divulgado, os utilizadores de smartphones passam quatro a cinco horas do seu dia a desfrutar das aplicações móveis instaladas.

O estudo, realizado em 13 países, mostrou que as apps de eleição continuam a ser as referentes às redes sociais.

Tempo passado com o smartphone diminuiu depois da pandemia de Covid-19

A empresa Data.ai, anteriormente conhecida por App Annie, realizou um estudo em 13 países para avaliar a utilização das aplicações móveis, a título diário – infelizmente Portugal não foi incluído neste estudo.

Sem surpresa, concluiram que os utilizadores de smartphones passam várias horas do seu tempo a fazer uso das apps. Na verdade, a título diário cada utilizador gasta quatro a cinco horas a desfrutar das aplicações móveis.

Este estudo vem também mostrar que neste momento os utilizadores estão menos tempo focados nos dispositivos móveis, já que no início da pandemia de Covid-19, registaram-se números bastante mais altos.

Esse aumento exponencial ficou a dever-se ao facto de as pessoas estarem confinadas e recorrerem às aplicações móveis para se ligar ao mundo – plataformas de conversação, compras online, entre outras.
Agora esse crescimento desacelerou e passamos então "apenas" quatro a cinco horas diárias, focados no ecrã pequeno.

Redes sociais
Os utilizadores passam entre quatro a cinco horas a utilizar app móveis, sobretudo as das redes sociais Crédito@AlexanderShatov/Unsplash

E quais são as aplicações móveis mais utilizadas? Sem dúvida, nenhuma as referentes às redes sociais. O Instagram e o TikTok são líderes destacadas nas preferências dos utilizadores – a rede social chinesa, aliás, começou a crescer de forma significativa exatamente durante o período de confinamento a que todos os países do mundo se submeteram.

De resto, destaque ainda para o Facebook, WhatsApp e Telegram que são também companhias diárias de uma grande parte dos utilizadores que se submeteram a este estudo.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.