União Europeia apresenta em setembro proposta para adoção do Carregador Único

Rui Bacelar
Comentar

A Comissão Europeia tomará a iniciativa no próximo mês de setembro, apresentando legislação com o intuito de uniformizar o tipo de carregadores de telemóveis no espaço comunitário. Mais concretamente, visando a adoção de um carregador / adaptador comum.

A proposta legislativa, de acordo com a agência Reuters, desafiar-se-á a estabelecer um carregador comum para smartphones e outros dispositivos eletrónicos para a Europa a 27. Desde 2011 que a União Europeia solucionar a grande diversidade de conexões.

Um só carregador para smartphones na Europa a 27

Carregadores Europa

Caberá assim à Comissão Europeia, o braço executivo da UE, apresentar uma proposta que diminua esta diversidade excessiva de adaptadores, portas, carregadores e ligações proprietárias. Atualmente, tal proposta normativa é ultimada pelo legislador europeu.

Este desenvolvimento foi noticiado primeiramente pela agência Reuters, citando fontes próximas da União. Entretanto, também a publicação Euractiv aponta a mesma hipótese, sugerindo que tal proposta normativa será apresentada no decurso de setembro.

A proposta da União Europeia afetará sobretudo a Apple e os seus iPhone que continuam a depender da ligação Lightning por cabo, ao passo que grande parte dos seus demais produtos já usam a ligação USB do Tipo C.

Espera-se, aliás, que o regulador europeu deposite a sua preferência no padrão USB do Tipo C, já adotado pela maioria das fabricantes Android. Note-se que esta não é a primeira instância em que o tema é abordado, sempre com bastante resistência.

A EU pode adotar o padrão USB-C como nova norma na Europa a 27

Face ao exposto, espera-se que a Apple continue a apresentar entraves a tal medida. Com a fabricante de iPhones a depender da sua porta Lightning, importante fonte de receita para a tecnológica de Cupertino, a proposta deverá ser contestada.

Este esforço de uniformização é assunto comum na União desde a última década, mas agora as perspetivas de aprovação afiguram-se mais favoráveis. Nesse sentido aponta os dados avançados pela União Europeia reconhecendo a crescente popularidade do padrão USB-C num estudo efetuado em 2019.

A investigação supracitada apurou que, em 2018, metade dos carregadores de smartphones no espaço comunitário já tinham uma porta micro-USB ou USB micro-B. Em contraposição, apenas 29% usavam a conexão USB-C e 21% usavam a ligação Lightning.

A Apple já avisou a União Europeia que tal medida prejudicaria a inovação

Apple

Ainda que a popularidade do padrão USB-C tenha vindo a aumentar desde 2019 até 2021, certo é que a Apple continua firme na sua convicção. Segundo a tecnológica de Cupertino, tal medida prejudicaria a inovação e criaria um monte de lixo eletrónico caso os consumidores fossem forçados a mudar para novos carregadores.

O legislador europeu, contudo, está convicto do contrário. Já no passado ano de 2020 os legisladores do Parlamento Europeu votaram, na sua maioria, a favor da adoção de um carregador comum. Isto é, um padrão comum para estes acessórios.

A propósito, recordamos ainda o memorando de entendimento voluntariamente assinado pela Apple, Samsung, Huawei e Nokia já em 2011. Aí, as tecnológicas comprometiam-se a harmonizar os carregadores para novos modelos de smartphones a chegar ao mercado nesse ano. Na altura isto resultou na diminuição de soluções proprietárias e na adoção do padrão micro USB 2.0.

Volvida uma década, a União tenta novamente unificar o padrão dos carregadores usados nos nossos smartphones. O último esforço nesse sentido foi feito em 2018, sem ter sucesso.

Aguardamos, por fim, pelo dealbar do mês de setembro para conhecer a proposta normativa na íntegra.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.