UE enfrenta Apple e quer todos os gadgets com uma única porta de carregamento

Mónica Marques
Comentar

União Europeia quer fechar acordo para a existência de uma porta única de carregamento em todos os equipamentos de eletrónica de consumo.

A proposta anteriormente muito criticada pela Apple vai seguir em frente e até ao final deste ano pode mesmo haver um esboço de nova legislação.

Proposta de carregamento único tem dez anos mas pode finalmente avançar para a fase seguinte

Em breve, os estados membros da União Europeia podem chegar a acordo sobre a existência de uma única porta de carregamento para todos os equipamentos eletrónicos, nos quais se incluem smartphones, tablets, auscultadores, entre outros.

E agora Alex Agius Saliba, o europdeputado que lidera este processo, afirmou publicamente que até ao final deste ano, todos os estados membros do espaço europeu podem chegar a um acordo para que tal aconteça.

A proposta de uma porta única de carregamento para a eletrónica de consumo não é nova, aliás a Comissão Europeia apresentou esta ideia há já dez anos. Mas parece que agora poderá ter mesmo sinal verde para avançar para a concretização, mesmo depois de as empresas de eletrónica não terem chegado a acordo sobre uma solução comum.

Apple continua a manifestar-se contra a proposta da UE por esta criar lixo eletrónico

A Apple foi desde logo uma das vozes que mais se manifestou contra uma solução única de carregamento, sobretudo se essa passar por um padrão diferente daquele que é usado pela empresa de Cupertino.

Mas apesar dos protestos da Apple, a proposta poderá mesmo ter condições para avançar agora até à fase de legislação. De acordo com Alex Agius Saliba, a prposta poderá ser votada já em maio, permitindo que a partir dessa data tenham início as conversações com cada estado membro para a realização de um esboço de legislação a aplicar.

Ainda segundo o mesmo eurodeputado esta seria uma "oportunidade perdida" se a União Europeia se concentrar apenas em smartphones. E por essa razão Alex Agius Saliba pretende estender a diretiva a todos os equipamentos de eletrónica de consumo.

Entretanto, a Apple já alertou para o facto de que esta proposta da UE por uma solução de carregamento comum vai prejudicar a inovação e criar toneladas de lixo eletrónico se os utilizadores forem obrigados a mudar para novos carregadores.

Editores 4gnews recomendam:

  • Google: página de pesquisa pode vir a ter uma surpresa
  • Samsung anuncia nova conferência de imprensa para dia 27 de fevereiro
  • Apple domina no mercado chinês, e Huawei desaparece por completo
Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.