xiaomi_mi5video

A Xiaomi prepara-se para lançar este mês o seu mais recente topo de gama, o Xiaomi Mi5. Sabemos que a apresentação deste smartphone será a 24 de fevereiro e decorrerá na China e certamente poderemos ver este terminal na MWC no booth da Qualcomm. A 4gnews estará na MWC para te pôr a par de todas as novidades do mundo da tecnologia.

Vê também: Primeiras fotos reais do Xiaomi Mi 5 em fuga de informação

   
Xiaomi Mi 5
Xiaomi Mi 5

Xiaomi Mi5 é notavelmente bastante parecido com o Samsung Galaxy S6 Edge com as suas bordas ligeiramente curvas e estrutura metálica que lhe conferem uma aparência bastante elegante. Acredito que não se trata de uma cópia do topo de gama da Samsung, mas vê-se uma forte inspiração neste novo terminal da chinesa Xiaomi.

Sabe-se que podemos contar com um botão físico “home”, que provavelmente albergará um leitor de impressões digitais. Teremos também uma porta de infra-vermelhos no topo e claro, uma estrutura metálica (julgamos que sejam tiras em plástico para garantir a recepção de rede).

As especificações técnicas:

Segundo os rumores, estarão disponíveis 4 versões diferentes deste terminal.

Para começar, duas destas versões terão uma construção em metal e disponiveis 3GB de RAM e 32GB de armazenamento interno ou 4GB de RAM e 64GB de armazenamento interno.

As restantes versões, apesar de não trazerem uma construção metálica (utilizarão o vidro no painel frontal e traseiro), terão na mesma um ecrã com vidro curvo 2.5D, bem como 4GB de memória RAM, um ecrã ou tela com 2K de resolução (Quad-HD). Estas duas variantes com construção em vidro devem distinguir-se também pelos esquemas de memória 3 ou 4GB de RAM e 32 ou 64GB de memória interna.

Xiaomi Mi 5 4gnews 5

Os preços de cada versão

Com base numa fuga de informação, os preços de cada uma das variantes do Xiaomi Mi5 e as diferenças entre cada um ainda são bem acentuadas.

O modelo mais barato com construção metálica, 3GB de RAM e 32GB de memória interna custará aproximadamente 335 dólares, ao passo que a versão com 4GB de RAM e 64GB de memória custará 395 dólares. As restantes duas versões com construção em vidro custarão 425 dólares (3GB RAM e 32GB ROM), custando a versão mais cara do Xiaomi Mi5 uns 470 dólares (4GB RAM e 64GB ROM).

Uma versão com Windows 10 Mobile?

Como já aqui te demos a conhecer, novos rumores indicam que poderá haver uma quinta versão deste flagship com Windows 10 Mobile. Não se sabe muito mais da veracidade rumor nem possíveis características desta versão (quer a nível de especificações técnicas, quer a nível de preços).

Uma vez que a Xiaomi liderou o mercado chinês de smartphones em 2015, este rumor poderá ser uma má ideia visto ser considerado por muitos um sistema operativo que foi lançado como oficial quando apenas deveria ser uma versão Beta (por estar muito incompleto e ter bastantes bugs)? Ou será uma mais valia para a Xiaomi disponibilizar este terminal num sistema operativo que está a morrer?

Talvez queiras ver:

Estudante de Direito e amante de tecnologia. Tudo o que é inovador na vida atrai-me (menos comida muito "fora do normal"). No meio tecnológico, aprecio particularmente smartphones, computadores e automóveis. Integrar a equipa da 4gnews começou por ser um desafio pessoal e agora é um orgulho coletivo.