Topo de gama da Redmi será mais potente que o Xiaomi Mi 9

Filipe Alves

Esperavas que alguma vez verias um Redmi mais potente que o topo de gama da Xiaomi (neste momento o Xiaomi Mi 9)? Nem eu! Já há muito que esperamos do topo de gama da Redmi, porém, até ao momento os rumores tem sido vagos.

Há alturas que acreditamos que chegará, outras vezes que nem por isso. Contudo, hoje temos a confirmação que necessitávamos para acreditar na existência deste topo de gama da Redmi, submarca da Xiaomi.

Xiaomi Redmi Note 7

De acordo com um executivo da marca, que está neste momento a testar um destes, o mais recente topo de gama da Redmi será mais potente que o Xiaomi Mi 9.

Xiaomi Redmi topo de gama bate 411 mil pontos no AnTuTu

Lembro que o Xiaomi Mi 9 é o smartphone mais potente da empresa chinesa. Um dos poucos no mercado a utilizar o processador topo de gama Qualcomm Snapdragon 855.

Xiaomi redmi anTuTu

Dessa forma, confirma-se então que o Redmi topo de gama contará com tal processador. A partilha do executivo foi uma imagem do AnTuTu onde vemos o seu dispositivo com uns brutos 411 mil pontos.

Neste momento o smartphone com maior pontuação no AnTuTu é o ZTE Axon 10 Pro 5G, também com o Snapdragon 855. A diferença é que este smartphone bate os 380 mil pontos. Por comparação o Xiaomi Mi 9 bate os 371 mil pontos na plataforma de benchmark.

Atenção que aquela pontuação é de um equipamento de testes

Temos de ter em atenção que os 411 mil pontos são de um equipamento de teste. Ou seja, é plenamente plausível que a Xiaomi esteja a testar o smartphone nas condições mais difíceis possíveis. Aliás, é de imaginar que o processador esteja neste momento com overclock. Algo que para um utilizador "normal" não é muito vantajoso visto que consome mais autonomia para nos dar um pouco mais de desempenho.

Em suma, agora temos a confirmação que a Redmi lançará um topo de gama, só nos resta saber como será o seu design. Será que teremos uma câmara pop-up? Será que teremos um smartphone idêntico ao Redmi Note 7 (na fotografia acima)? As próximas fugas de informação deverão esclarecer.

Editores 4gnews recomendam:

via

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.