Tom Clancy’s Rainbow Six Siege – Análise ao FPS competitivo da Ubisoft

Pedro Henrique

Rainbow Six Siege UbisoftRainbow Six: Siege é a tentativa da Ubisoft revitalizar uma IP previamente estabelecida integrando-a na atual indústria competitiva dos e-sports. Porém, à moda da Ubisoft, tudo o que acaba por sair desta companhia são jogos que são defeituosos. Isto é, ou por conterem falhas técnicas que prejudicam fortemente uma experiência agradável, ou pelas abominações conhecidas como “Season Pass”.

Aqui assumes qualquer um dos 40 operadores jogáveis (20 obtidos através dos passes de temporada). Cada um com uma habilidade especial única e distinta, onde efetuas partidas (casuais ou competitivas) ao lado de outros quatro jogadores no modo multiplayer 5v5.

Vê ainda: Resident Evil 2 Remake inspira a Capcom a explorar mais ‘remakes’

As rondas não incorporam a mecânica de “respawn”, ou seja, se morreres, ficas de fora até à próxima ronda.

Multiplayer é, resumidamente, o ganha-pão deste jogo. Para mim, representa uma grande preocupação, considerando que este jogo falha em alguns aspetos nesse modo.

Um “shooter” competente da Ubisoft...

Existe uma funcionalidade de reportares pessoas, algo que é obrigatório em todos os jogos multiplayer. Contudo, apesar disso, parece que nunca resulta em nada. Isso deve-se parcialmente ao fluxo de hackers que tem crescido em Rainbow Six ao longo dos anos. E claro, também ao facto de que os utilizadores que reportam outros jogadores não são contactados de alguma forma sobre qual ação foi tomada no jogador reportado, se houve mesmo sequer ponderação!

O sistema de matchmaking falha ainda no aspecto de balancear as partidas. Isto é, pode acontecer que os novos jogadores fiquem numa equipa, e a equipa adversária esteja cheia de pessoas que competem numa liga profissional…

O jogo também está repleto de bugs e falhas. Por sua vez, alguns dos quais são abordados. No entanto, a maioria é descrita como "identificados pela equipa de desenvolvimento" e não mais que isso. Muitos jogadores (inclusive eu) vão-te dizer que, embora a última temporada tenha corrigido muitos dos bugs reportados, para cada bug corrigido, 10 ou mais foram introduzidos.

Já tiveste oportunidade de experimentar este título!?

É evidente que a Ubisoft tenta corrigir o jogo o melhor que consegue. Quer atingir um patamar ao ponto que Rainbow Six seja considerado como um dos melhores “shooter multiplayer” tático, mas é claro que a experiência deveria ter sido refinada de início.

Como na maioria dos jogos da Ubisoft, eles tentam ‘glorificar’ os visuais como sendo altamente realistas. O que realmente aconteceu no lançamento foi uma terrível manipulação de iluminação em quase todos os frames do trailer. Este continha texturas que simplesmente não corresponderam às expectativas que a própria Ubisoft definiu durante a sua demonstração na E3 antes do lançamento de R6.

Rainbow Six Siege Ubisoft

Conforme o tempo passou, o jogo ficou melhor. De facto, a última atualização melhorou a qualidade geral do jogo, mas nada ainda próximo sequer do que foi prometido, nem nunca vai ficar. Infelizmente...

A progressão do jogador é um aspecto do Rainbow Six: Siege que, tendo lido várias vezes reviews aquando da compra deste jogo, acho que é mal interpretada pelos “reviewers” que não exploraram o jogo o suficiente para entender como a progressão do jogador realmente funciona.

A Ubisoft oferece duas versões do jogo. A edição inicial (Starter Edition) e as edições padrões (Standard, Advanced). Este modelo de negócio permite aos jogadores que não têm possibilidades de dar logo 40€ de raíz comprarem uma versão mais barata. Aqui, a contrapartida é não começarem imediatamente com uma grande coleção de operadores para jogar.

Rainbow Six Siege está repleto de bugs e falhas...

Podem optar por desbloquear estes operadores com a moeda de jogo, que não pode ser comprada com dinheiro da vida real (mas também existe essa possibilidade, através de microtransacções).

Esta é uma jogada, digamos, peculiar da Ubisoft. Esta permite a todos os jogadores, independentemente da sua capacidade financeira, jogarem pelo menos o “core” de R6: Siege. Percebo a perspectiva da companhia, querendo conciliar tudo em prol do negócio, mas, neste caso, no bom sentido.

As mecânicas de jogabilidade são dos maiores destaques de Rainbow Six: Siege. Os jogadores podem usar drones com câmaras embutidas para delimitar áreas do mapa antes de se enfrentarem.

Muitos operadores têm armadilhas e dispositivos diferentes para aplicar uma infinidade de efeitos (positivos e negativos) a jogadores que por acaso se deparem com estes, como, por exemplo, as latas de fumo tóxico. Estas mecânicas proporcionam uma experiência de jogo divertida e única, com um mapa que muda dinamicamente ao longo da ronda disputada, promovendo os jogadores a pensarem e a adaptarem-se à situação presente.

Rainbow Six Siege Ubisoft

Digo-vos, a Ubisoft fez um excelente trabalho no que toca à “replayability” do jogo (Wow! A Ubisoft a exceder-se!). É quase certo que nunca terás uma partida que o seu desenrolar seja parecido a algo que tenhas experimentado antes, mesmo após meses consecutivos de jogo.

Os menus e opções são componentes onde a maioria dos jogos da Ubisoft ficam aquém, mas Rainbow Six: Siege é uma exceção à regra (Wow! A Ubisoft a exceder-se! Outra vez!).

O jogo apresenta uma tela de configurações altamente extensiva, mas imensamente intuitiva, e uma boa notícia para alguns jogadores; o jogo conta com um suporte de taxa de proporção 21:9, facilmente configurável.

Avalio Rainbow Six: Siege da Ubisoft com 7 valores em 10.

O ‘Ultra HD texture pack' que oferecem, que possui mais de 20 gigabytes de tamanho. Na minha opinião, não oferece nenhum tipo de melhoria gráfica por aí além. A menos que tenhas um “dual-setup” de monitores 4k, mas diminui a framerate do jogo, por isso, a menos que tenhas 2 TITAN V no teu desktop, provavelmente ficarás muito bem servido com as opções padrão.

Para finalizar, Tom Clancy’s Rainbow Six Siege cumpre a sua missão. No pun intended, principalmente com esta última atualização, melhor que nunca. Todavia, deve-se ter noção que o jogo não é perfeito, muito pelo contrário.

Tem falhas que acabam por puxá-lo um pouco para baixo. Tendo isto em conta, avalio Rainbow Six: Siege em 7 valores em 10. É uma experiência notável, no fim de contas, experiência essa que melhora bastante se jogares com amigos, te garanto!

Assuntos relevantes na 4gnews:

Google Maps – Novo recurso poderá não ser do agrado de todos

Starbucks e Alibaba criam parceria estratégia no mercado chinês

Samsung Galaxy Note 7: O desastre que a empresa não quer recordar

Artigo por Bruno Santos

Pedro Henrique
Pedro Henrique
Fã incondicional de tecnologia e cultura quer partilhar o conhecimento adquirido com todos.