snapdragon808_vs810
Após a apresentação do LG G4, chegou o momento Snapdragon 808 vs Snapdragon 810, a hora de testes. O site Ars Technica conseguiu uma unidade do novo flagship da marca sul coreana e pôs as mãos à obra.

O Snapdragon 808 é um processador de 6 núcleos com configuração big.LITTLE. com 2 núcleos Cortex A-57 com o clock máximo definido em 1.8 GHz, enquanto os restantes 4 são núcleos Cortex A-53 com clock de 1,44 GHz. Para os gráficos está a GPU Adreno 418.
Enquanto que o Snapdragon 810 já é usado em tablets e smartphones como o LG G Flex 2, esta SOC foi anunciada em Abril de 2014, sendo o sucessor natural do Snapdragon 805, começou a surgir em terminais no primeiro trimestre de 2015. Também big.LITTLE. conta com 8 núcleos 4 Cortex-A57 com clock até 1.96GHz e 4 Cortex-A53 com clock que vai até os 1.56GHz, a SoC integra também uma GPU Adreno 430.

Neste teste também entrou o Snapdragon 805 presente na variante do Galaxy Note 4, pois existe uma outra com o Exynos 5433, e o Galaxy S6 com Exynos 7420.

   

 

Os gráficos acima mostram o desempenho térmico do LG G4 em comparação com os de LG G Flex 2 com o Snapdragon 810.Os resultados são impressionantes, o Snapdragon 808 que alimenta o LG G4 pode continuar na sua velocidade de clock de 1.8GHz durante 6 minutos, antes de abrandar e sucumbir para a aceleração de 1.4GHz, isto após quase 15 minutos e depois os 900 Mhz. O Snapdragon 810, por outro lado, mal atinge a sua velocidade de ponta é estrangulado para perto dos 1,4 GHz e, de seguida, é quase bloqueado para a velocidade mínima depois de apenas três minutos de teste. Resumindo, o 810 demonstra maior performance mas, a CPU apresenta-se inconstante, muitas vezes para evitar o aquecimento. Enquanto que o Snapdragon 808 do G4 é mais consistente, o 810 presente no G Flex 2 apresenta também uma queda acentuada no seu desempenho ao longo do teste.

Os testes mostrados acima mantêm os mesmos valores e é um exemplo, que muitas vezes a optimização é mais importante do que a força.
É bom lembrar, que toda a análise foi feita apenas sobre a CPU, e ainda não foram testadas as GPUs, e que o desempenho dos processadores testados, podem variar por exemplo, com Snapdragon 810 presente no HTC M9 devido à optimização que as marcas empregam nos seus sistemas operativos. Mas de momento, e à luz destas benchmarks creio que, a LG fez a escolha certa com o Snapdragon 808.

Talvez queiras ver:

Façam-nos crescer com a vossa participação, nas nossas publicações do site e redes sociais. Partilhem e comentem, ajudem a crescer a tecnologia falada em português e com este espírito de equipe.