Tesla quebrou lei imposta na Califórnia. Elon Musk pediu para que seja o único a ser detido!

Vitor Urbano
1 comentário

Ao longo das últimas semanas, foram muitas as notícias que envolveram a regras de segurança pública implementadas no estado da Califórnia e a fábrica da Tesla em Fremont. Após várias tentativas de Elon Musk para manter a fábrica em funcionamento, acabaram por ser obrigados a encerrar toda a produção de carros da Tesla.

Agora, Elon Musk revelou publicamente que a fábrica da Tesla retomou a produção, indo contra as regras implementadas pelo governo. Numa publicação feita através do Twitter, Musk afirma que irá colocar-se "na linha" para proteger todos os seus funcionários, pedindo que se alguém tiver de ser detido, que seja apenas ele.

Tesla is restarting production today against Alameda County rules. I will be on the line with everyone else. If anyone is arrested, I ask that it only be me.

— Elon Musk (@elonmusk) 11 de maio de 2020

Tesla vai processador o Estado apesar de ter quebrado a lei

Atualmente, para que empresas possam retomar as suas atividades comerciais, é preciso que enviem para o Estado um plano oficial de reabertura, onde consigam assegurar o cumprimento das várias regras de segurança implementadas. Ao que parece, o governo estava já a preparar-se para aprovar o plano da Tesla, e aprovar a reabertura da fábrica no dia 18 de maio.

No entanto, Elon Musk decidiu que não podiam esperar mais uma semana, adiantando a reabertura da fábrica. De forma a proteger a Tesla e os seus funcionários, decidiu "lançar-se aos lobos" iniciando um peculiar estratégia onde se apresentou como mártir.

De forma a evitar a "ratoeira" lançada por Musk, o Estado já confirmou que não serão tomadas medidas imediatas para com esta decisão da Tesla, mas que será avaliada como qualquer outra empresa que decidiu quebrar as regras.

Curiosamente, Elon Musk afirma que as medidas do Estado prejudicaram gravemente a Tesla, visto que outras fabricantes de carros já receberam permissão para retomar as suas atividades. Por isso, alegando que os motivos vão bem mais além de razões de segurança pública, vão mesmo avançar com um processo em tribunal.

Editores 4gnews recomendam:

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.