Tesla: painéis solares causam diversos incêndios e resultam em processo em tribunal!

Vitor Urbano
Comentar

A Tesla viu a sua relação comercial com a gigante cadeia de supermercados norte-americana — Walmart — ir por 'água abaixo'. A multinacional deu início a um processo em tribunal contra a Tesla, exigindo que a empresa proceda com a remoção dos seus painéis solares de 240 lojas.

De acordo com o Walmart, os painéis solares da Tesla foram responsáveis por pelo menos, 7 incêndios nas suas lojas.

Processo em tribunal poderá custar à Tesla vários milhões de euros

A Tesla 'ganhou' o acordo com o Walmart ao adquirir a empresa SolarCity, que era responsável por todas as instalações em centenas de estabelecimentos.

No documento enviado para o tribunal, foram referidos 7 incêndios que tiveram (alegadamente) origem nos painéis solares da Tesla. Estes incidentes aconteceram entre 2012 e 2018, altura em que o Walmart obrigou a Tesla a desligar todos os sistemas de energia solar.

Tesla Walmart painéis solares

No entanto, afirmam que mesmo depois da Tesla confirmar que todos os painéis estava inativos, ocorreu um novo incêndio causado uma vez mais pelos produtos da Tesla.

As estimativas do Walmart apontam para mais de 7 milhões de euros em prejuízos. Através de investigações internas, concluíram que a Tesla foi negligente na manutenção e inspeção das centenas de instalações, exigindo assim que todos os prejuízos sejam cobertos pela empresa.

Além disso, exigem ainda que a Tesla se responsabilize pela remoção de todos os painéis solares de 240 lojas do Walmart. Não é certo ainda qual será a decisão do tribunal, mas parece que a Tesla está numa situação muito complicada.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.