Tesla lidera venda de veículos elétricos na Europa em fevereiro

Carlos Oliveira

De acordo com os dados do analista Matthias Schmidt, a norte-americana Tesla foi quem mais veículos elétricos vendeu na Europa no passado mês. Segundo os seus dados, foram mais de 4.000 veículos comercializados pela empresa de Elon Musk.

Este cenário é ainda mais impressionante tendo em conta o atual estado da Tesla na comercialização do seu Model 3. Este seu modelo começou ainda agora a chegar à Europa, pelo que a sua comercialização ainda não atingiu os parâmetros que a empresa ambiciona.

Tesla

Não tendo sido este mês o mais exemplar para outras marcas, a Tesla viu assim a sua quota de mercado subir na Europa. Por conseguinte, a empresa conseguiu subir a sua influência em um quinto.

Tesla já é quem mais carros elétricos vende da Europa

Antecipando já o mês de março, este analista acredita numa subida no domínio da Tesla neste mercado. Com uma distribuição mais regular do Model 3, espera-se que a norte-americana consiga aumentar ainda mais o fosso para as suas concorrentes.

Afinal de contas, foi o grupo Hyundai quem assegurou o segundo posto no mês de terminou à duas semanas. Em seguida, temos construtoras como a Renault, Nissan e BMW com vendas que não ultrapassam as 3.000 unidades.

Estes dados mostram-no que os europeus estão cada vez mais interessados nos produtos da empresa de Elon Musk. Com a recente apresentação do Model 3 por 35.000 dólares, esta popularidade só tenderá a aumentar nos vários mercados.

Ainda esta semana a Tesla apresentou o novo Model Y, que é uma mistura entre o Model X e o Model 3. Por conseguinte, são muitos os que já profetizam que este novo carro venha a ser um enorme sucesso de vendas. No entanto, só deverão chegar às estradas no próximo ano.

Até lá, muitas outras construtoras deverão entrar neste mercado e será interessante ver até que ponto conseguirão ameaçar o domínio já patente da empresa de Elon Musk.

Editores 4gnews recomendam:

Fonte | Via

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.