Tesla lançará o seu carro mais barato de sempre já no próximo ano

Carlos Oliveira
Comentar

Há muito que se fala na possibilidade de a Tesla lançar um novo veículo inteiramente concebido na China. Este deverá destacar-se por ser o mais compacto e o mais acessível no portefólio da marca americana.

Um novo relatório proveniente da China afirma que o desenvolvimento desse carro já terá sido concluído. Nesse sentido, a empresa de Elon Musk poderá começar a produzir e a vender o alegado Tesla Model 2 já em 2022.

Tesla Model 2 chega em 2022 e poderá começar nos 25 mil dólares

Um dos principais atrativos do novo carro da Tesla será, sem dúvida, o seu preço. Os rumores afirmam que o Model 2 poderá ser vendido entre os 25 e os 30 mil dólares.

Tesla Model 2

A confirmar-se, este será o veículo mais acessível alguma vez lançado pela marca americana. Inteiramente desenvolvido na China, este veículo será a grande aposta da Tesla para aquele mercado e para a Europa, apelando aos condutores que preferem carros mais pequenos.

Da China chega a informação de que este novo veículo terá sido aprovado em setembro de 2020. A correspondente verificação de produção deverá chegar em março deste ano, sendo assim expectável a sua comercialização já em 2022.

Ainda sem conhecermos os traços estéticos deste Model 2, é especulado que seja aproveitado o chassi do Model 3 para a sua construção. Uma hipótese que faz sentido, por forma a conseguir alcançar um preço final mais baixo.

A produção deste Tesla Model 2 deverá acontecer na fábrica da marca instalada na cidade de Xangai. Isso permitirá reduzir os custos de exportação do carro na China, possibilitando um preço de venda mais baixo.

Relativamente à Europa, ainda não é sabido se o carro será igualmente produzido em Xangai ou se será instalada uma linha compatível na futura fábrica de Berlim. Esta deverá começar a laborar em pleno em finais de 2021.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.