Tesla Cybertruck: gostas do design do novo carro elétrico? (sondagem)

Filipe Alves
9 comentários

Chegou o novo Tesla Cybertruck. O carro é tudo menos normal, pelo menos no que toca ao design do veículo. O automóvel elétrico da Tesla tem um aspeto de filme pós-apocalíptico e mais nos faz lembrar um carro "minimalista" do Mad Max.

Elon Musk referiu que o novo Tesla Cybertruck foi inspirado no carro submarino do James Bond e, verdade seja, dita, temos linhas que realmente nos fazem mostrar a sua semelhança.

Vota na sondagem: Gostas do design do novo Tesla Cybertruck?

As reações foram mistas. Temos pessoas que adoram o design outros que nem por isso. O novo carro chegará ao mercado em breve e ainda não existam datas concretas. E todos temos a noção que Elon Musk não é perfeito no que toca a cumprir com as datas prometidas. Certamente por isso é que deixamos de ouvir datas concretas para os lançamentos dos seus produtos.

Tesla Cybertuck já é tendência no Twitter

Não demorou muito para que o novo carro de Elon Musk fosse tendência numa das maiores redes sociais do mundo. Aqui também podemos ver algumas opiniões sobre o design do automóvel, e tal como esperado, as reações são mistas.

Uma coisa acredito, não me parece que sejas indiferente às linhas do Tesla Cybertruck. Ou se gosta ou se detesta. Não há meio termo. Pessoalmente tenho de admitir que gostava de ter a possibilidade de comprar um carro destes. Principalmente pela sua irreverência. Pode não ter a beleza dos outros modelos Tesla, porém, é resistente como nunca e dá-nos linhas simplesmente únicas.

Editores 4gnews recomendam:

  • Tesla anuncia Cybertruck: a carrinha resistente do futuro!
  • Porsche volta a atacar a Tesla com o novo Taycan 4S, uma versão "barata" do Taycan Turbo!
  • Volkswagen afirma que ID.3 tem custo de produção mais baixo que o e-Golf
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.