Tesla Autopilot volta a estar em sérios problemas devido a um acidente fatal!

Vitor Urbano
Comentar

A Tesla volta a ver-se numa posição muito delicada graças ao seu popular/polémico Autopilot. Desta vez, o "ataque" vem da National Tranposrtation Safety Board (NTSB), que acabou de anunciar que irá realizar uma conferência que irá determinar a causa de um acidente fatal de um Tesla Model X em Março de 2018.

Na altura do acidente, que resultou na morte do condutor, a NTSB focou a sua investigação em torno do incêndio e a forma como os carros elétricos reagem a estes em situações de embate. No entanto, após a Tesla confirmar que o Model X em questão estava com o Autopilot ativo na altura do embate, a NTSB revelou que iria também investigar o papel do Autopilot no acidente.

Tesla Model X acidente fatal Autopilot

Falta de cooperação da Tesla na investigação poderá ter piorado mais ainda a situação

Ao que parece, apesar de terem existido várias interações entre a Tesla e a NTSB, um responsável da agência de segurança afirmou que a Tesla continua a não prestar total cooperação. Em declarações à Bloomberg, revelou que a fabricante nunca apresentou respostas formais às recomendações de segurança, dificultando todo o processo de investigação.

Esta investigação poderá vir a manchar a excelente reputação dos carros da Tesla no que respeita à sua segurança. Relembro que todos os seus modelos conseguiram alcançar classificações de excelência em vários testes de segurança.

Tesla Autopilot poderá mesmo ter sido um dos responsáveis pelo acidente

Antes de mais, é importante realçar que esta tecnologia continua a ser apresentada como um sistema de assistência de condução avançado, nunca sendo prevista a sua utilização para condução autónoma. A Tesla continua a relembrar constantemente os seus utilizadores que, devem em todos os momentos manter-se totalmente alerta do que se passa na estrada, e manter constantemente as mãos no volante.

Não é novidade para ninguém que são muitos os que continuam a decidir ser boa ideia descartar todas as recomendações da fabricante, continuando a utilizar esta funcionalidade para usufruir de um "carro autónomo".

Ainda referente a este acidente fatal, informações recolhidas do smartphone do condutor, confirmaram que estava a jogar na altura do acidente. Mesmo não sendo possível confirmar que tinha o smartphone nas suas mãos, claramente não estaria atento ao que se passava na estrada.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.