Tesla ameaça funcionários que não quiserem regressar de imediato à fábrica!

Vitor Urbano
2 comentários

Para não variar, a Tesla volta a estar envolvida em mais uma grande polémica, relacionada com a decisão de Elon Musk em reabrir a fábrica de Fremont antes do tempo permitido pelo Estado.

Depois de se ter "lançado" no Twitter como mártir à espera de ser preso, Elon Musk volta a ser alvo de grandes críticas graças a novas informações publicadas pelo jornal The Guardian. De acordo com as mais recentes informações, funcionários estarão a receber ameaças caso não regressem à fábrica tal como está a ser ordenado.

Tesla "avisa" que funcionários poderão perder direito a subsídio de desemprego

O jornal The Guardian foi abordado por diversos funcionários da Tesla, que partilharam um email interno que basicamente os ameaça para que voltem ao trabalho na fábrica de Fremont. Um dos funcionários não tem problemas em afirmar que a Tesla está a realizar ameaças, avisando que o subsídio de desemprego deixará de estar disponível para estes funcionários.

No email enviado aos seus funcionários, a Tesla realça que quem não se sente confortável em regressar ao trabalho, pode ficar em casa. No entanto, qualquer funcionário que assim o decida, irá ser colocado em "ausência não remunerada", o que poderá eliminar ou reduzir as chances de se aplicarem para receber subsidio de desemprego.

Tesla ameaça funcionários

Tal como foi noticiado ontem, Elon Musk decidiu ir contra as regras impostas pelo Alameda County no Estado da Califórnia, retomando o normal funcionamento da fábrica da Tesla em Fremont. É importante realçar que tudo apontava para que a marca recebesse luz verde já na próxima segunda-feira.

Ainda que nenhuma medida direta esteja prevista para já, o Alameda County continua a analisar a proposta de reabertura da Tesla, e apenas após esta análise, irão ponderar possíveis medidas.

Por fim, numa das suas mais recentes controvérsias no Twitter, Elon Musk ameaçou mesmo que iria re-alocar a sede da Tesla para o estado de Nevada ou Texas. O CEO disse que a sua empresa foi proibida de retomar atividade, tendo como base motivos que em nada estão relacionados com a saúde pública.

Editores 4gnews recomendam:

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.