Tens um smartwatch com WearOS? Já podes começar a festejar!

Filipe Alves
1 comentário

A Google vai finalmente atualizar o seu sistema para smartwatches WearOS que darão uma nova vida ao teu smartwatch com este sistema.

De acordo com as informações, a nova atualização chegará em breve e prepara-se para dar uma melhoria considerável de desempenho aos relógios inteligentes com WearOS.

Smartwatch com WearOS ganhará uma nova vida

Smartwatch WearOS novidade

A atualização foca-se no desempenho do smartwatch. É mais rápido na interação e muito mais rápido a abrir aplicações instaladas. Para ser mais concreto, a Google fala de uma melhoria de 20% na rapidez para abrir uma aplicação no smartwatch.

Esta melhoria é perfeita para quem tem um smartwatch WearOS com baixas especificações. O WearOS é realmente fantástico, porém, continua a perder seriamente no desempenho para o eterno rival, Apple Watch.

Ainda sem datas para esta atualização do WearOS

Contudo, ainda nada é concreto relativamente a datas. A Google refere que a atualização chegará num "futuro breve". Infelizmente, todos sabemos que a Google não é das melhores fabricantes no que toca a atualizações dos seus gadgets (não smartphones). Mesmo assim, vale a pena ter em conta a atualização.

Já há muito que tenho o meu WearOS da Fossil parado porque é simplesmente lento demais para ser utilizado. Gostaria também de ver uma melhoria na autonomia do relógio, porém, não se pode pedir tudo de uma vez.

Com os novos processadores para wearables da Qualcomm, o WearOS ficou melhorado. Contudo, quem tem um relógio antigo com o sistema operativo da Google sabe o problema que é quando tenta abrir uma aplicação e tem de esperar uma eternidade para que o smartwatch responda ao clique. Finalmente as coisas vão mudar.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.