Telegram é a mais favorecida após saída do Facebook e Instagram da Rússia

Rui Bacelar
Comentar

A plataforma de comunicações instantâneas Telegram é a mais favorecida com o anúncio, e efetivação, da saída do Facebook e do Instagram da Rússia. Ambas as plataformas do grupo Meta foram previamente banidas da nação russa e, nos sete meses subsequentes à sua saída, o número de utilizadores diários caiu abruptamente.

As métricas são agora avançadas pela publicação Forbes Russia, dando conta da diminuição entre quatro a oito vezes do número diário de utilizadores das plataformas. Em simultâneo, a plataforma de comunicações Telegram tem recebido gradualmente cada vez mais utilizadores a optar pela app russa de mensagens instantâneas.

Facebook e Instagram fora da Rússia para "gáudio" da Telegram

New data from Mediascope show that the ban on Meta has reduced Instagram’s daily user base in Russia from 39 million to 11.7 million. Facebook has dropped from 6.7 million to 1.9 million. Meanwhile, Telegram has doubled to 40 million since Feb 24. https://t.co/JUwqH9TR84

— Kevin Rothrock (@KevinRothrock) 15 de junho de 2022

O bloqueio das principais plataformas estrangeiras como, por exemplo, o Facebook, Instagram, Facebook Messenger e WhatsApp veio favorecer grandemente a Telegram de Pavel Durov. Importa frisar, contudo, que os dados foram recolhidos pela Mediascope junto da população russa com mais de 12 anos.

A Mediascope teve em consideração o tempo de duração de cada sessão (cada visita online), bem como as tentativas de login e entrada nas redes sociais. Importa frisar que as apps supracitadas estão bloqueadas na Rússia, apresentando mensagem de erro e bloqueio após a respetiva abertura.

Mediascope has calculated how the audience of popular social networks in Russia is changing after February 24.After blocking Instagram, the audience decreased by 16%, Telegram grew: on February 24, the daily audience in Russia was 31 million, on March 15 - 45.5 million pic.twitter.com/ZTQ3duPtg7

— Konstantin Bulgakov (@bulgakovka) 20 de março de 2022

De igual modo, a Mediascope utilização a duração média de 5 minutos para a visita e utilização de uma app de redes sociais. Aqui seja através da aplicação para dispositivos móveis, seja através do computador (vista web).

Telegram cresceu 66% desde janeiro de 2022

Acima vemos uma publicação similar, datada de meados de março, dando já conta do crescimento da Telegram no seu mercado doméstico. A tendência, como assim se verifica, só se intensificou nos meses subsequentes ao início do conflito com a Ucrânia e à efetiva saída das várias plataformas rivais do país.

Colocando em perspetiva estes valores, a Telegram cresceu 66% desde janeiro de 2022. Mais concretamente, passou de 25 milhões de utilizadores diários para 41,5 milhões de utilizadores. O aumento deveu-se sobretudo ao êxodo de utilizadores do Facebook, Messenger, Instagram e WhatsApp.

Podem usar o Telegram para acompanhar as novidades da 4gnews

  1. Instalem a aplicação Telegram para Android, iOS ou para computadores Windows (PC) e Mac
  2. Criem uma conta nesta plataforma, ou entrem com as vossas credenciais
  3. Subscrevam / adiram ao canal da 4gnews
  4. Ajustem as notificações consoante o tipo de utilização / interesse
  5. Desfrutem do canal 4gnews.

Telegram 4gnews

A Telegram transforma-se assim num novo braço da 4gnews, criado para aproximar o leitor do projeto e para que este não perca as novidades. Em suma, podem tirar proveito da funcionalidade de leitura rápida, ou aceder a cada artigo através do nosso website.

Editores 4gnews recomendam:

Telegram: acompanha as notícias através do canal 4gnews

WhatsApp prepara nova funcionalidade semelhante ao Instagram

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com