byebye_2013_01

2013 foi um bom ano, trouxe-nos muitas surpresas, smartwatch’s, galaxys note’s 3, etc… Mas e o que esperar de 2014?

1. Wearables

r4w

   

A indústria de tecnologia wearable já está quente. Este ano vimos novas entradas na indústria, particularmente na área de fitness, da Jawbone, Fitbit, Nike, Adidas e outros. Dentro da smartwatch, fomos tratados com a Pebble, o  Samsung Galaxy  Gear e o Sony Smart Watch 2. Provalvelmente, veremos em 2014 um novo smartwatch da samsung com recursos adicionados e esperemos que traga uma melhor vida útil da bateria, apesar de sabermos que os seus concorrentes também já estão a trabalhar em dispositivos de próxima geração.

Nós, já temos produtos que utilizam baixa energia bluetooth para fornecer estatísticas sobre quantas calorias queimamos, o quão longe nós andamos e como dormimos, mas acho que em breve teremos dispositivos ainda mais inteligentes que combinam as funções de smartphones com estas bandas de aptidão. A Apple pode entrar no mercado com seu iWatch, embora eu tenha ouvido rumores de que a Microsoft também quer entrar neste ”jogo” de smartwatch’s.

Também não nos podemos esquecer de outros super importantes wearable, os Google Glass! A tecnologia wearable ainda é usado principalmente pelos desenvolvedores, mas com a segunda geração já em cima de nós, parece mais provável do que nunca que a Google se está a preparar para o lançamento de um consumidor. O preço será um factor enorme, mas se a Google conseguir obtê-lo satisfatório, todos nós podemos em breve estar a andar na rua com pequenos computadores nos nossos rostos para nos fornecer orientações, informações meteorológicas, alertas e muito mais. Os GoogleGlass podem ser um produto de moda e eu no futuro não me imagino a viver sem eles.

2. Tv’s 4K

samsung-floating-4k-tv-630x472

As Tv’s 4K fizeram um grande impacto nos últimos dias, mas os de marca, no mercado ainda são muito caros para a maioria dos gostos. Eu acho que a Consumer Electronics Show 2014 será um grande ponto de kick-off para LG, Samsung, Panasonic, Sony e outros para mostrar as suas novas Tv’s 4K com recursos inteligentes. À medida que o ano avança, e os preços de componentes vão baixando, eu acho que nós vamos começar a ver Tv’s 4K tornarem-se muito mais acessíveis para o consumidor. Vimos uma tendência semelhante com telas de LED, que eram caros no início, mas agora estão muito mais baratas, muitas das vezes já com smarttv instalado.

Enquanto isso, nós também podemos ver televisões 4K e 2K a chegar ao mercado móvel. A Samsung já está supostamente a trabalhar no duro para trazer telas com maior resolução para tablets e smartphones, e dada a fabricação de exibição e proeza da empresa, esperamos que isso aconteça. Um rumor até sugeriu, a Apple está a pensar incluir telas 2k no seu próximo ipad, se isso for realmente o caso, podemos ver outros fabricantes a esforçarem-se para seguir o mesmo caminho com seus próprios produtos concorrentes … se não bater a Apple o mercado em primeiro lugar.

3. Impressoras 3D

Cube Colors 034

As impressoras 3D de Makerbot eram a inveja de geeks que queriam criar projectos simples. Agora, elas estão sendo utilizadas ​​para usos práticos da moda, entretenimento, jóias, medicina e muito mais. Grandes jogadores como Stratasys, 3D Systems, Autodesk e outros estão trabalhando para fazer impressoras 3D mais úteis para a indústria e mais acessível para os consumidores, com sistemas que não custem milhares de dólares, mas centenas, e no caso da Autodesk, é o software certo para fazê-lo.

Em vez de chamar alguém para consertar uma peça partida no seu fogão, porque não imprime antes uma nova peça numa impressora 3D, a partir do seu ipad? Ou por que não apenas projectar e imprimir o seu próprio caso do smartphone em vez de comprar um? Sites como Ponoco já permitem a você criar e fazer upload de seus projetos, e ele vai imprimir os seus produtos para si – mas todos nós podemos ser capazes de dar ao luxo de fazê-lo em casa este ano, pois em princípio os preços baixam.

Enquanto isso, do ponto de vista da indústria, os sistemas 3D estão também a trabalhar com a Motorola no projecto Ara da Empresa de produtos de smartphones, o que poderia permitir-nos criar peças para os nossos smartphones, conforme necessário. A empresa também lançou recentemente a sua impressora multi-color de plástico 3D, o ProJet 4500, e está a trabalhar para melhorar a fabricação de sistemas de nível profissional.

 

4. Biometria

iPhone-5S-evento-Sensor-Biométrico-peças-610x366

Vimos leitores de impressão digital em smartphones antes, mas a Apple fez a biometria popular este ano, com a introdução dos iphones 5s e toque ID. Com um simples toque dos nossos dedos, podemos agora destravar os nossos smartphones e fazer compras na iTunes App Store. A HTC seguiu-se com a sua própria tecnologia de biometria incorporada para o HTC One Max, e eu espero ver algum em 2014.

A biometria ainda não está incorporada nos nossos smartphones, no entanto sistemas de automação poderiam tirar proveito da biometria para permitir que apenas pessoas específicas possam acessar e controlar a nossa casa. Os fabricantes de automóveis poderia adicionar scanners biométricos em maçanetas, aliviando a necessidade de chaves ou um código de acesso. Enquanto isso, a Samsung também está declaradamente considerando a adição de um scanner de íris para seus próximos smartphones, o que permitiria ao smartphone, para identificar seu dono com um rápido globo ocular-scan. Parece ficção científica agora, mas, como vimos com um monte de tendências de tecnologia, uma vez que uma empresa populariza algo, os consumidores começam a esperar para vê-lo num outro lugar e de outros fabricantes a bordo.

 

5. As telas flexíveis

telas flexiveis

Este ano, a Samsung lançou o seu  Galaxy Round com um visor curvo, e  a Lg apresentou recentemente a sua L Flex com uma tela flexível. Eu acho que nós vamos ver essas tendências de tecnologia a evoluirem, à partida com smartphones. O benefício, a partir de nossa perspectiva, é a maior resistência que uma tela flexível pode proporcionar. O telefone pode dobrar mais facilmente e evitar que o vidro se quebre, por exemplo, mas existem outras aplicações.

Smartwatches poderão vir a tirar proveito de uma tela flexível. Alguns rumores sugeriram que o iWatch da Apple poderá vir a utilizar um que se possa envolver em torno de seu pulso e exibir mais informações, sem ter um espaço tão volumoso. A tela flexível também pode permitir que um fabricante de smartphones possa criar um dispositivo com uma tela que envolva em torno da borda do smartphone, imagine um ticker de notícias correndo pela lateral do dispositivo, por exemplo; isso seria fixe.

Só o tempo poderá dizer que dispositivos fléxiveis poderão vir. No entanto já existem as baterias flexíveis, mas são raras e caras.

Conclusão: Eu penso que num futuro próximo irei ver muitas pessoas com google glass, assim como smartphones com tela muito flexível, o que é demais na minha opinião. É claro que com um futuro próximo, não quer dizer que quando chegar à 0:01, na véspera de ano novo, mude tudo.

Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.