TCL revela smartphone dobrável com a missão de democratizar esta tecnologia

Carlos Oliveira
Comentar

A TCL apresentou vários equipamentos na CES 2022, mas aquele que mais curiosidade desperta é o seu mais recente dobrável. Denominado internamente como "projeto Chicago", este promete ser um dos mais relevantes produtos da marca.

Trata-se de um equipamento em formato de concha, herdando a aparência dos Galaxy Z Flip da Samsung. Tem como missão democratizar o acesso a este tipo de tecnologia, porém, ainda não foram avançados valores de comercialização.

TCL quer democratizar o acesso aos smartphones dobráveis

Quando olhamos para o segmento dos dobráveis estamos habituados a ver dispositivos com valores acima dos 1000 €, alguns até superam os 2000 €. Com o projeto Chicago, a TCL compromete-se a tornar esta tecnologia acessível a ainda mais utilizadores.

A principal diferença do dobrável da TCL para os seus principais concorrentes é o processador utilizado. Este modelo será lançado com o Snapdragon 765G, um SoC de gama média que equipou muitos gama média em 2020 e 2021.

Por comparação, o Samsung Galaxy Z Flip 3 foi lançado com o processador Snapdragon 888, o chip dos principais topos de gama Android em 2021. Ou seja, a TCL poupou imenso dinheiro com a escolha deste processador já com quase dois anos.

As restantes especificações deste produto incluem um ecrã interno com uma resolução de 2400 x 1080 pixels. Pormenores como a diagonal deste painel e a sua taxa de atualização ainda não foram publicamente divulgados.

Na parte exterior marca presença um pequeno ecrã de 1,1 polegada, tal como no Galaxy Z Flip original. Este servirá para ler algumas notificações e outras informações essenciais sem ter de abrir o smartphone.

Já no que concerne às suas câmaras fotográficas, este dispositivo dobrável vem equipado com um sensor de 48 MP e um de 16 MP. Para selfies, este smartphone dobrável conta com uma lente de 44 MP.

Importa ainda notar que, quando dobrado, não sobrará quase espaço nenhum entre as suas metades. Esta abordagem deverá deixar uma vinca menor no ecrã deste dobrável, colmatando um defeito amplamente apontado a qualquer equipamento dobrável.

A TCL fez uma pequena demonstração deste produto na CES 2022, reiterando tratar-se de apenas um projeto, sem compromisso de ser comercializado. Ficaremos a aguardar por mais pormenores sobre este novo smartphone dobrável.

Editores 4gnews recomendam:

  • Honor Magic V revela principais pormenores antes da sua apresentação
  • Huawei não desistiu! P50 Pro terá lançamento global na próxima semana
  • Este smartphone da Xiaomi é equilibrado se queres boa bateria
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.