fingerprint-cards-fpc1268-under-glass-fingerprint-scanner-1

Os sensores de impressões digitais são, hoje em dia, um dos principais componentes de qualquer smartphone. Se prestares atenção, são já poucas as marcas que se atrevem a apresentar um novo equipamento sem este tipo de tecnologia, uma que veio sendo aprimorada ao longo dos últimos quatro anos.

Vê também: Passado e Futuro: o ano de 2017 para os Galaxy da Samsung

   

Para o ano que se avizinha, novidades são esperadas e muito por culpa da revolução estética que se espera para os flagships de 2017. Os rumores que se fazem ouvir nos dias de hoje apontam para uma moda: redução das margens dos ecrãs e consequente remoção dos botões físicos presentes na parte frontal dos smartphones. O caso mais flagrante do que acabei de referir é a Samsung e o seu futuro Galaxy S8. Uma das coisas que nos fazem automaticamente distinguir um smartphone da Samsung da concorrência é o seu botão home frontal, o mesmo que tem sido o eleito para a alocação dos seus sensores biométricos.

Com efeito, começa a ser necessária uma revolução na forma como este tipo de sensores funcionam. A Qualcomm possui já um sensor ultrassónico que consegue funcionar perfeitamente sob vidro ou metal e que podemos ver já em equipamentos como o Xiaomi Mi5S. Mas hoje a Synaptics apresentou o primeiro sensor de impressões digitais ótico para smartphones e tablets, que consegue operar sob vidro com apenas 1mm de espessura. Este mesmo sensor pode também ser incorporado sob vidro 2.5D, o mesmo que vemos cada vez mais nos smartphones atuais.

Samsung galaxy S7 riscos

Apelidado de FS9100, este novo tipo de sensor de impressões digitais garante o mesmo tipo de fiabilidade a que estamos habituados hoje em dia. Dada o seu reduzido espaço necessário para a sua alocação, este novo Synaptics FS9100 pode perfeitamente encaixar nos possíveis futuros equipamentos de margens reduzidas ou até inexistentes, além de, pelo facto de se encontrar por debaixo de vidro ou metal, ser assim à prova de riscos e água.

Este novo sensor inclui ainda uma tecnologia conhecida por PurePrint, que permite assim distinguir impressões digitais verdadeiras das falsas.


Com a chegada deste novo tipo de sensor de impressões digitais, surge também a hipótese de a Samsung vir a escolher este FS9100 para o seu futuro Galaxy S8. Já foi dito que a Samsung estaria a equacionar uma mudança de fornecedor de sensores biométricos do género, mas com a chegada deste novo tipo de sensor ótico, a gigante Sul Coreana poderá mudar de ideias e manter a sua parceria com a Synaptics, que é já a fornecedora dos sensores de impressões digitais para os smartphones da Samsung.

Talvez queiras ver:

Samsung Galaxy S8: Novas informações dizem que não teremos ecrã “flat”

Nokia apresenta os seus primeiros telemóveis do período “pós-Microsoft”

Ulefone U800 Pro apresentado oficialmente