swatch

Ter um Smartwatch? ou não ter um smartwatch? Eis a questão! O smartwatch é algo que nem todo sentem a mesma harmonia de decisão. Muitos acham fútil, outros acha indispensável. Eu sou daqueles que já não vive sem um. Naqueles dias em que levo o meu lindo relógio convencional, dou por mim a olhar para o pulso quando o meu telefone vibra no bolso. O que mais me revolta é que vibra centenas de vezes ao dia e nem sempre merece a minha atenção.

O smartwatch, na minha opinião, tem dois problemas em que um já começa a ser resolvido. O primeiro é o design, eu gosto de relógios clássicos com máquinas bonitas e com um estilo vistoso, embora o LG G Watch R e o Moto 360 resolvam esse problema, continuo a achar que precisa de evoluir um pouco mais. Perfeito seria um relógio normal onde só o vidro era smart, isso sim era perfeito.

   

O outro problema é mesmo a duração da bateria. O que aguenta mais ainda é o Pebble e como sabem ele é feio como tudo. Já qualquer outro durar um par de dias é uma alegria.

Ao que tudo indica a Swatch, sim a marca conhecida de relógios Suíços, vai desenvolver o seu dentro em breve, mais precisamente dentro de 3 meses. Já não é a primeira vez que se ouve falar de uma possível entrada da Swatch no “mundo inteligente” mas ainda nada tinha sido agrafado até agora.

Segundo o CEO Nick Hayek, o relógio não necessitará de ser carregado para funcionar. Isto não é nenhum milagre ou truque de magia, já existem relógios que trabalham sem pilhas agora fazer deles smart, era uma decisão inteligente. O Smartwatch funcionará em Android e Windows e permitirá o utilizador pagar através do relógio. Como? ainda muito pouco se sabe

O smartwatch da Swatch poderá também funcionar com convencionais pilhas, sendo que estas duram sempre mais que as lithium usadas nos smartphones ou smartwatches. Infelizmente não temos ideia alguma e as palavras de Nick aguçaram a nossa curiosidade, por isso ficaremos bem atentos porque algo inovador está para chegar.

Talvez queiras ver:

Diz o que tens em mente nos comentários abaixo. E que tal ajudares um projeto Português? Sabe mais

Queres ser nosso amigo? Segue-nos nos meios de comunicação.

Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.