Sucesso do iPhone 13 pode afetar vendas do iPhone 14?

Mónica Marques
Comentar

Vários estudos de mercado são unânimes ao mostrar o sucesso de vendas do iPhone 13 que, mesmo com uma nova geração no horizonte, se mantém como líder de mercado.

Mas será que este sucesso poderá afetar as futuras vendas do iPhone 14? Há quem diga que sim e aponte a distinção entre os modelos Pro e não Pro como a grande responsável.

Atualizações limitadas no iPhone 14 pode influenciar intenção de compra do iPhone 14

iPhone 13
O iPhone 13 também foi líder de vendas no mercado chinês, no início de 2022 Crédito@Apple

A nova geração iPhone 14 será apresentada oficialmente dia 7 de setembro, sendo que as lojas devem receber todas as variantes, sensivelmente uma semana depois, a 16 de setembro. Muitas revelações foram também já feitas no mundo Web sobre as especificações que a nova geração traz consigo e tudo o que vai mudar do iPhone 13 para o 14.

A curiosidade dos utilizadores está, notoriamente, a aumentar face à nova geração de smartphones Apple, mas será que a sua intenção de comprar um modelo da nova geração está também a aumentar? De acordo com Samik Chatterjee, analista da empresa JP Morgan, não.

O especialista alerta para o facto de os utilizadores iOS estarem atrasar a troca de um modelo iPhone por outro mais atual, nomeadamente da nova geração 14. E a razão para isso acontecer fica a dever-se ao aumento dos preços na série iPhone 14 e também devido às “mudanças e atualizações limitadas em termos de recursos”.

Na prática, o analista da JP Morgan refere-se ao facto de a Apple pretender diferenciar os modelo Pro dos modelos não Pro do iPhone 14, integrando nos primeiros mais alterações significativas – como por exemplo um novo processador e um novo sensor fotográfico com 48 megapixéis.

Popularidade do iPhone 13

Estas são as más notícias para a Apple, mas também há boas notícias. De acordo com vários dados divulgados sobre o mercado de smartphones, as vendas do iPhone 13 mantêm-se elevadas, face às gerações anteriores do smartphone. Parece que nem a proximidade do lançamento de uma nova série está a afetar as vendas globais de algumas variantes, lançadas em setembro de 2021.

De acordo com um estudo efetuado ao mercado de smartphones norte-americano, em julho o iPhone 13 tinha uma quota de mercado de 22%, seguido pelo iPhone Pro Max com uma quota de 20%, estando o iPhone 13 Pro em terceiro lugar com 16% de quota de mercado.

Tudo somado e numa época que já antecede um novo lançamento da marca, a geração lançada em setembro de 2021 detinha uma participação no mercado na ordem dos 58%, o que reflete o sucesso de vendas do modelo.

No entanto, tal como já foi noticiado anteriormente, o iPhone 13 mini não teve tanto sucesso junto dos utilizadores. No mesmo período, no mercado norte-americano o compacto da Apple detinha apenas 3% de quota de mercado. Talvez por essa razão, a geração iPhone 14 não inclua nenhum modelo do género.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.