Subnautica
As profundezas de Subnautica

Esta semana vou falar de Subnautica, um jogo indie, early access, de sobrevivência em mundo aberto. Este jogo tem sido muito adorado por quem o conhece, incluindo alguns YouTubers famosos. Neste artigo vou falar sobre a sua jogabilidade, os seus gráficos e a sua história. Vem daí comigo!

A jogabilidade

Este é um jogo que se passa num planeta, em que maior parte da sua superfície é oceano. Também há algumas ilhas que podes explorar, mas são pequenas. Terás que recolher recursos e fragmentos de equipamentos a tua nave, que irão estar espalhados pelo mapa. Os fragmentos desses equipamentos irão dar-te a possibilidade de construir esses equipamentos.

Ver ainda: Benchmark revela especificações da próxima placa gráfica de topo da AMD!

   

Tens sempre no canto inferior esquerdo 4 medidores. Estes são de oxigénio, vida, fome e sede. A sede é aquele medidor que se esgota mais rápido (tem em conta que é um jogo early access, por isso isto poderá mudar) e é aquele mais dificil de encher, visto que precisas de de alguns itens para fazer água: uma faca para arrancar bocados de coral e de sal, por isso logo que comeces preocupa-te em fazer uma faca e água.
Quanto à dificuldade, este jogo não começa por ser muito dificil. Terás o teu salva vidas com tudo o que precisas, um construtor e uma máquina que te dá pacotes para restaurar a tua vida.

A dificuldade deste jogo vai aumentando à medida que consegues ir mais fundo no oceano. Isto será algo a que não conseguirás fugir, porque realmente precisarás de ir às profundesas sombrias do oceano de Subnautica para progredires no jogo.

Neste jogo poderás construir uma base ao teu gosto, com os equipamentos que precisas para a tua aventura. Terás três veículos que poderás usar – um submarino grande, um submarino mais pequeno e um fato robótico. Todos estes precisão de ser melhorados para poderem ir mais fundo no oceano. Quando estes veículos ultrapassam a sua profundidade de segurança, começam a sofrer com a pressão aquática presente nas profundesas.

Subnautica
O submarino grande da 4gnews

Os gráficos

Seria algo que a Unknown Worlds não poderia escorar num jogo deste género. Os gráficos deste jogo estão à altura da sua jogabilidade, oferecendo umas belas visões do fundo oceânico deste belo planeta fictício. Além dos monstros estarem com detalhe suficiente para pregar uns belos sustos, o oceano em si está também muito detalhado. Se gostas de uns belos gráficos, recomendo-te o Subnautica.

A história

Deves estar a questionar-te o porquê de eu estar a referir um planeta fictício. Tu começas neste jogo com a nave em que seguias a despenhar-se num planeta desconhecido. A única coisa que consegues fazer é entrar no salva vidas e sair com este da nave em que seguias. Quando acordas ao sair do salva vidas consegues ter a bela visão da nave em que seguias rebentar por completo, ficando assim irrecuperável.

Subnautica, um jogo indie

A tua nave não se despenhou só porque sim. Ela foi atingida por uma arma poderosa situada nesse planeta, pertencente a uma civilização que já não o habita. Isto devido a uma infeção que causou a extinção dessa espécie.

O teu objetivo será, além da sobreviência e na construção de equipamento melhor, descobrir o que se passou com esta civilização e, acima de tudo, descobrir se uma cura foi descoberta – também estás infetado.

Não percas: Nonstop Chuck Norris: Torna-te no Chuck Norris com este novo jogo!

O Subnautica está disponível para PC, Mac e para Xbox One custando apenas uns 19,99€. Na minha opinião é uma quantia razóavel para um jogo desta envergadura. Não te esqueças de dar uma vista de olhos a este jogo e de deixar a tua opinião nos comentários!

Fica aqui com o trailer deste jogo!

Outros assuntos relevantes

John Oliver ataca os problemas da Samsung com vídeo a não perder

BQ Aquaris X5 Plus já está a receber o Android 7.1 Nougat

Dica: Personaliza o teu Android com este guia da Google