Starlink: Internet de Elon Musk pode chegar aos carros elétricos da Tesla

Rui Bacelar
Comentar

Os veículos elétricos da Tesla poderão, muito em breve, estar ligados ao sistema Starlink, garantindo-lhes a ligação à Internet por satélite. A hipótese sustenta-se numa patente recentemente submetida pela empresa de Elon Musk na entidade FCC.

Segundo a descrição constante na patente, o serviço de Internet pode ser aplicado a "veículos em movimento, bem como aeronaves". Na prática, pode garantir o acesso permanente à Internet aos carros elétricos da Tesla e outros veículos similares.

A Starlink da SpaceX pode estender-se aos veículos elétricos da Tesla

Starlink Carro elétrico TEsla

O serviço de Internet por satélite de Elon Musk - o Starlink - está disponível em Portugal desde o fim de fevereiro. Ainda na sua fase de implementação, a ligação proporcionada pode estender-se também aos veículos elétricos da Tesla num futuro próximo.

Caso tal venha a ser implementado nos termos descritos na patente submetida, a Starlink será o elo não só para carros elétricos, mas também para barcos e aviões. Todos estes veículos poderão manter-se em contacto constante com a wide Web.

Sublinhamos que a submissão desta patente surge no encalço das declarações prévias de Elon Musk no Twitter. Através do seu perfil nesta rede social, Musk avançou que a Starlink trabalha atualmente num "Starlink mini" para acesso à Internet em movimento.

A gradual expansão da Starlink para carros elétricos da Tesla

Deployment of 60 Starlink satellites confirmed pic.twitter.com/ta7iXyr7BK

— SpaceX (@SpaceX) 4 de março de 2021

Tendo em conta a natureza e génese de ambas as empresas de Elon Musk, é apenas natural que uma colaboração venha a acontecer. Para os seus carros elétricos, Musk pode efetivamente aplicar um novo módulo que integre o Starlink.

Sublinhamos também que os carros elétricos da Tesla beneficiam do acesso constante à Internet. Seja para garantir as várias funcionalidades inteligentes e conectadas do veículo, ou para garantir a atualização do firmware, sempre que possível.

Deste modo, caso venham efetivamente a ter uma ligação constante ao sistema Starlink, os veículos podem tornar-se ainda mais autónomos. Ao mesmo tempo, para o condutor / utilizador do carro, será menos uma preocupação.

Note-se que de momento existe uma patente. Isto não obriga a marca a implementar desde já o sistema nela descrito, significando sim, que tal tecnologia nos moldes em que é descrita na patente, pertence em exclusivo à empresa responsável.

Tal implementação é, não obstante, tida como muito provável pelos media especializados nos veículos elétricos.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.