Spotify volta a dar lucro graças a planos mais baratos

Bruno Coelho
Comentar

Segundo o último relatório de contas do Spotify, o terceiro de semestre 2019 foi particularmente positivo para o serviço de streaming. Esta é apenas a terceira vez na história em que a empresa consegue acabar um trimestre em alta.

Neste período, o Spotify conseguiu alcançar 54 milhões de euros em lucros. Isto deve-se ao facto de empresa apostar cada vez mais em planos mais baratos, como é o caso do Premium Duo, que proporciona Spotify Premium para duas pessoas por 12,49€.

Spotify tem 113 milhões de utilizadores Premium

Além disso, a empresa promoveu também durante este período, Spotify Premium gratuito durante 3 meses para novos clientes. Tudo isto ajuda a que tenha 248 milhões de utilizadores ativos mensais. Deste número, 113 milhões são utilizadores pagantes.

Estes números também se explicam pelo facto de o Spotify gastar menos dinheiro na promoção de conteúdo original e com os artistas. Além disso, os artistas também têm agora ferramentas disponíveis como as recomendações patrocinadas.

Usar o Plano Família é também outra opção cada vez mais popular. Por apenas 10,99€, até seis utilizadores que vivam no mesmo endereço, podem usar este plano por um preço imbatível.

Estes planos com desconto também significam que os artistas recebem menos dinheiro por parte do Spotify. O serviço não paga aos artistas um preço fixo por stream. Tudo depende do país, do número de utilizadores pagos e mesmo do seu total de utilizadores ativos.

Spotify ganha cada vez menos por utilizador

Em 2015, por exemplo, o Spotify ganhava em média 6,84€ por utilizador. Neste momento ganha apenas 4,67€, o que significa que há cada vez mais utilizadores em planos de preços mais baixos.

Para o utilizador, estas são ótimas notícias. Para os artistas nem por isso, e o Spotify vê-se obrigado a arranjar estratégias para conseguir cada vez mais utilizadores de forma a tentar gerar lucro.

Relatório de contas do Spotify

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Ultimate Team é o seu atual saco de boxe, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.