Spotify Stations acaba a 16 de maio

Mónica Marques
Comentar

O Spotify Station, uma experiência baseada em estações de rádio, tem o seu fim já anunciado para o próximo dia 16 de maio.

Os assinantes já receberam um email com a notificação de que este serviço vai acabar e que as estações de rádio serão transferidas para a conhecida interface da plataforma de streaming.

Spotify Stations chega ao fim depois de uma existência de pouco sucesso

Spotify Stations

O Spotify Stations "nasceu" em 2018 e basicamente oferecia uma experiência baseada em estações de rádio. Agora foi anunciado que este serviço vai acabar já no próximo dia 16 de maio. Os assinantes foram já alertados por email de que o serviço ia chegar ao fim, tanto na sua versão mobile como na versão Web.

Recorde-se que o Spotify Stations oferecia uma interface distinta do serviço convencional do Spotify. Na aplicação Statations, em vez da biblioteca de músicas e artistas/bandas era apresenada ao utilizador uma lista de estações de rádio.

No email enviado aos assinantes, o Spotify garante que os utilizadores vão poder continuar a desfrutar das suas estações de rádio favoritas que serão transferidas para o serviço convencional.

Saliente-se que já a partir de hoje, a aplicação para equipamentos móveis Spotify Stations já não está disponível nas lojas de aplicações para download. No entanto, as versões desta aplicação que já estejam instaladas em dispositivos móveis vão continuar a funcionar.

O Spotify não fez qualquer esclarecimento sobre este encerramento nas suas páginas. No entanto quando interrogado pelo site 9to5Google respondeu que "realizamos habitualmente testes para criar melhores experiências de audição para os nossos Utilizadores. Alguns desses testes seguem para a experiência de utilização e outros funcionam como uma aprendizagem. O Spotify Sations foi um destes testes".

Na resposta subjetiva do Spotify àquele órgão de comunicação, não fica esclarecido se alguma vez o Spotify Stations passou da fase de testes e, uma vez que parte deste serviço segue para a interface comum, ficamos também sem perceber se funcionou apenas como uma aprendizagem.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.