Spotify Android iOS
Spotify prepara uma renovação da sua aplicação móvel para utilizadores gratuitos

O Spotify é o serviço de streaming de música mais utilizado em todo o mundo. Disponível para várias plataformas, incluíndo Android e iOS, neste momento possui já 90 milhões de utilizadores gratuitos. Mas para poderes ouvir música neste serviço sem gastares um cêntimo, alguns sacrifícios têm de ser feitos.

Aqui, os mais prejudicados são aqueles que utilizam o Spotify nas plataformas móveis. Enquanto que no teu computador apenas és perturbado pela publicidade, no Android ou iOS as coisas são bem diferentes. Não podes ouvir sempre a música que queres.

Vê ainda: Facebook divulga os novos Padrões de Comunidade a pensar em ti

Permite-me elaborar. Nas plataformas móveis, o Spotify apenas faculta aos seus utilizadores gratuitos uma reprodução aleatória. Ou seja, podes escolher um estilo de música ou mesmo um artista, mas a ordem de reprodução das músicas fica ao encargo do Spotify e tens ainda um número limitado de vezes que podes passar as músicas à frente. Isto, claro, sem esquecer os anúncios.

Ora, esta tem sido a modalidade gratuita que este serviço de música oferece aos seus utilizadores desde 2014. Há quatro anos que a empresa não mexia na mesma, o que poderia levar estes utilizadores a pensarem que teriam sido renegados para segundo plano.

Com isso em mente, o Spotify anunciou hoje as várias mudanças que irá introduzir na sua aplicação móvel para todos os seus utilizadores gratuitos. Desde logo teremos uma remodelação de design na app. Esta passará a ter os cantos mais arredondados e contará com elementos mais coloridos.

Aplicação Spotify para Android e iOS recebe novidades importantes

Esta remodelação de design permitirá à aplicação relembrar com mais ênfase a possibilidade de te tornares um membro premium. Passará a existir um botão dedicado a esta transferência de modalidade. Afinal de contas, 60% dos utilizadores premium do serviço vieram da modalidade gratuita.

Mas a mais interessante das novidades está na reprodução de música facultada pela aplicação para Android e iOS. Com a chegada da nova app, a reprodução aleatória não será uma constante no teu dia-a-dia.

O Spotify passará a facultar 15 playlists criadas pela própria empresa. No entanto, as mesmas serão criadas tendo em conta os teus hábitos musicais. Ao todo serão 750 as músicas disponíveis para ouvires conforme quiseres, totalizando cerca de 40 horas de reprodução contínua.

Dentro destas 15 playlists terás toda a liberdade de reprodução. Poderás escolher a música que queres ouvir num determinado momento, aquela que se seguirá e mesmo passar à frente as vezes que entenderes. Fora destas 15 listas aplicam-se as regras atualmente em vigor.

Importa referir que estas listas serão geradas automaticamente e atualizadas com frequência. As mesmas incluirão ainda as populares listas “Descobertas da semana”, “Radar de novidades” e “Daily Mix”.

O intuito do Spotify com tudo isto é, primeiramente, mostrar aos seus utilizadores gratuitos que estes não estão esquecidos numa gaveta. Em segundo lugar, a ideia é tentar fazer com que os mesmos possam saltar para a modalidade paga, por forma a ultrapassar o arrojado número de 96 milhões de utilizadores pagos no final do ano.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Xiaomi Mi 6X revelado em 2 novos vídeos ‘hands-on’ na Internet

LG G7 ThinQ chega dia 2 de maio com ecrã ‘FullView’

Na China, a Huawei é a que mais vende e a Apple quem mais lucra

Via

O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal passatempo.