Spotify em risco! Número de utilizadores aumenta mas receitas continuam a descer

Abílio Rodrigues
Comentar

O Spotify tornou público o seu mais recente relatório financeiro e ficamos a saber que o serviço de streaming de música conta agora com 155 milhões de subscritores premium e mais de 345 milhões de utilizadores ativos por mês. Apesar da subida contínua do número de utilizadores as receitas da empresa caíram em relação a 2019.

Em termos de utilizadores o Spotify assinalou em 2020 uma subida de 24% no número de subscritores premium e 27% no que diz respeito ao utilizadores grátis. Em 2019 os números situavam-se nos 144 e 320 milhões de utilizadores, respetivamente.

Spotify está a ter dificuldade em manter-se sustentável

Spotify

No entanto, e apesar do crescimento da sua base de utilizadores, as receitas da companhia continuam a descer. As receitas médias por utilizador baixaram 8% para €4.26, quando comparadas com o ano anterior.

A justificação reside nos planos com descontos usados para atrair subscritores e nos preços mais baixos que cobra em países como a Rússia ou a China.

Mesmo assim as receitas com publicidade subiram 13% em 2020, quando a tendência era representarem menos de 10% das receitas totais globais.

Em termos gerais o Spotify perdeu no ano passado mais de €125 milhões, número que até assinala uma melhoria em relação ao relatório anterior. Em 2019 a empresa registou perdas na ordem dos 209 milhões de euros.

Spotify só pensa em crescer

É muito raro o Spotify apresentar lucros uma vez que continua a apostar no seu crescimento, sem olhar com muita atenção para a sustentabilidade do seu modelo de negócio.

O investimento da plataforma vai agora muito para além da música, tendência bem vincada pelo facto de um quarto dos seus utilizadores consumirem podcasts. Recentemente foi também anunciado um investimento significativo nos audiobooks, narrados por várias estrelas e celebridades.

Vários analistas referem que o investimento avultado nos podcasts ainda não começou a produzir retorno, facto que pode ter um papel determinante nos relatórios financeiros dos próximos anos.

Editores 4gnews recomendam:

Abílio Rodrigues
Abílio Rodrigues
Apaixonado por tecnologia desde que montou o seu primeiro computador, continua em fase lua-de-mel com tudo o que envolva um processador e permita umas sessões videolúdicas.