Spotify: 2 Milhões de utilizadores usam aplicação "Premium" pirataO Spotify é o maior serviço de streaming de música do mundo neste momento. Embora a concorrência esteja a aumentar com o Apple Music e Tidal, a empresa sueca continua na vanguarda para todos os artistas musicais.

Mas nem tudo é um mar de rosas para a empresa de Daniel Ek, CEO do Spotify. Numa luta contra a pirataria, o Spotify começou a banir utilizadores que utilizavam serviços de streaming pirata.

Vê ainda: Apple poderá estar a trabalhar num iPhone dobrável para 2020

Relativamente aos serviços pirata já expus a minha opinião várias vezes. Todos sabemos que é bacano ter cenas de borla que custam dinheiro, porém, aplicações deste género são sempre um pau de dois bicos. Não faltam apps que oferecem mundos e fundos e no meio do seu código têm uma quantidade de malware de forma a sacar todas as tuas informações.

Com a nova medida do Spotify na luta contra a pirataria, foi referido que mais de 2 milhões de contas foram suspensas devido ao uso indevido do serviço Premium ilegalmente. Números astronómicos que a empresa sueca quer resolver de forma cirúrgica.

Spotify suspendeu todas as contas pirata do seu serviço 

O Spotify pode até persuadir os clientes com o serviço grátis para utilizarem o Premium, porém, é impossível convencer alguém que tem o serviço de borla a pagar por ele.

O serviço gratuito do Spotify tem algumas restrições que o pago não tem, principalmente no smartphone. Não podes fazer zapping constante, não podes passar a música para trás nem selecionar uma música especifica para ouvir.

O serviço é idêntico nas assistentes pessoais como Google Home. Podes sempre dizer “Ok Google Play Jazz Music” mas se quiseres ser mais especifico como ” Ok Google, Play Miles Davis” terás mesmo de obter o serviço pago.

O Spotify conta neste momento com 157 milhões de utilizadores e 86 milhões utilizam o serviço de forma gratuita. Podes imaginar o quão 2 milhões de aplicações piratas podem danificar o lucro da empresa europeia.

Assuntos relevantes na 4gnews:

TechUntalked 1: YouTube vs. Plataformas generalistas num único Podcast

OnePlus 6. Tudo o que ainda não se sabe sobre o “flagship killer” de 2018

OnePlus 6: Novas informações referem variante de 6GB de RAM

Fonte | Via 

Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.