Sony ZV-1: nova câmara para Vlogers tem apenas 2 defeitos!

Filipe Alves
Comentar

A Sony criou uma nova câmara a pensar nos Vlogers. Os criadores de conteúdo tem agora uma nova opção no mercado chamada Sony ZV-1. Esta câmara tem muitos aspetos positivos, contudo, há dois pontos que são essenciais para vlogers e que a sony falhou redondamente.

O preço da câmara será de 800€. Ou seja, terá o valor de uma boa câmara Reflex (ou DSLR) que nos dá mais versatilidade que esta Sony ZV-1. Contudo, não terás a mesma ideologia de câmara compacta. Porém, antes de raspares o cartão para a comprares, é bom que saibas pelo menos duas coisas.

Sony ZV-1 câmara vlogers Youtubers

Pontos fracos desta Sony ZV-1

  • Estabilização de imagem é terrível ("Crop" para o "steadyShoot" da Sony é grande demais)
  • Não tem uma grande angular que todos queríamos

Pontos fortes da Sony ZV-1

  • Compacta e fácil de transportar
  • Carrega a bateria com um powerbank
  • Áudio de qualidade (mesmo sem microfone externo)
  • Possibilidade de introduzir um microfone externo
  • Ecrã reversível (FINALMENTE Sony)
  • White Balance apenas na cara
  • Funcionalidade "Product Show" - foca o que está mais perto da lente

Aqui tens um resumo daquilo que precisas de saber. Porém, de nada adiante falar se não vires a qualidade de imagem. Assim sendo, tenho aqui dois vídeos que podes verificar como os pontos fracos podiam ter sido melhorados.

Como podes ver a estabilização de imagem é péssima. Mais para o final do vídeo vemos com o "crop", porém, a imagem fica ainda mais próxima do sujeito e a imagem continua tremida como tudo.

No segundo vídeo vais perceber o quão a imagem fica próxima do sujeito. Este é um problema que os Vlogers (principalmente com braços curtos) terão.

Em suma, esta nova Sony ZV-1 marca um passo importante para a Sony. A primeira câmara a trazer um ecrã reversível e quase perfeita para vlogers. Porém, pelo preço de 800€, certamente investiria num outro equipamento.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.