Sony Mobile prepara-se para despedir 200 colaboradores na Europa

Rui Bacelar
Sony Xperia Kaz Hirai smartphones Android
Na imagem, Kenichiro Yoshida, o novo e atual CEO da empresa japonesa.

Ano após ano com o número de smartphones Android vendidos a cair, a fabricante nipónica apresenta agora uma quota de mercado insignificante. Entretanto, já em outubro passado a fabricante havia pressagiado uma eventual contenção de custos. Medida a ser aplicada na divisão responsável pelos Sony Xperia.

Por conseguinte vemos agora essa medida a ser posta em prática. Em primeiro lugar, a notícia foi avançada pela publicação XperiaBlog, publicação atenta aos desígnios da marca. Um total de 200 postos de trabalho serão extintos, afetando principalmente os escritórios de Lund na Suécia.

Vê ainda: Xperia XZ4 Compact. Assim deverá ser o smartphone da nipónica

Em segundo lugar, todos os colaboradores afetados estão neste momento empregues na divisão mobile na antiga sede da marca em Lund, na Suécia. Todavia, cumpre ser dito que neste momento a Sony emprega um total de 800 colaboradores em regime de full-time (tempo integral). Aqui bem como 400 outros colaboradores através de sub-contratação para dar resposta às necessidades atuais da empresa.

A Sony está a reduzir o seu staff na Europa

Contudo, esta medida afetará apenas os seus colaboradores a tempo integral, a massa laboral de 800 pessoas. Todavia, para já não sabemos todos os detalhes desta imposição da marca responsável pelos Sony Xperia.

Sony Xperia XZ 3 Android 4
A cada 6 meses temos uma nova geração de smartphones destinada a ganhar pó nas prateleiras.

Ainda assim, segundo a mesma fonte, todo este processo estará terminado até ao final de março de 2019. Nesse sentido, todos estes colaboradores deixarão de trabalhar na Sony ou com os seus smartphones Android, os Sony Xperia.

Em terceiro lugar, durante os próximos anos a fabricante Android deverá continuar a reduzir os custos operacionais em cerca de 50%. Por conseguinte veremos medidas deste género a ser aplicadas não só na Europa bem como nos demais teatros de operação / mercados mundiais.

A marca continua a fabricar smartphones Android

Entretanto, a própria Sony já admitiu publicamente que espera sofrer prejuízos com os seus Sony Xperia pelo menos até meados 2020. Em suma, a menos que a "nova era" do 5G opere um autêntico milagre junto da marca e dos seus Sony Xperia, a espiral recessiva manterá o seu ímpeto.

Sony Xperia XZ 3 Android 3
Este é o seu atual topo de gama, o XZ3, um smartphone Android de topo.

Isto é, segundo as melhores previsões da marca, o advento do 5G poderá colocar novamente esta divisão mobile rumo aos lucros. Todavia, para já isto é um grande "se" que ainda tardará em surtir qualquer tipo de efeito, positivo ou negativo.

Temos novos Sony Xperia a caminho!

Aliás, a fabricante nipónica continuará com o seu ciclo (destrutivo) de lançamentos semestrais. Isto é, de 6 em 6 meses os seus smartphones Android de gama alta (flagships) são substituídos por novos terminais.

Por conseguinte, após ter anunciado o Sony Xperia XZ3 em agosto passado, já temos várias fugas de informação alusivas aos seus sucessores. Entretanto teremos também novos smartphones Android de gama média.

Aqui as possíveis novidades sendo os Sony Xperia XA3 ou XA3 Ultra. Aqui bem como um Xperia L3 para o segmento de entrada. Estes dispositivos poderão ser apresentados durante a próxima Mobile World Congress (MWC) em Barcelona - fevereiro a março de 2019.

Editores 4gnews recomendam:

Sony pode surpreender com um smartphone Xperia dobrável em 2019

Vídeo mostra Xperia XZ4 o smartphone pela primeira vez

Se te sentires inútil, relembro que a Sony ainda vende smartphones…

Fonte | via

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Desenvolveu desde cedo o gosto pela escrita e comunicação. Em leis formado, tem como hobbies a aquariofilia e a música. Mas é na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e no Pplware a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.