The-Sony-Xperia-C6-Ultra-leaked-renders6

Por este dias, sabe-se já que a Sony tem planos para lançar um novo phablet para o mercado. Tendo por base as imagens que foram publicadas na altura, este novo equipamento deverá fazer parte da gama Xperia C, caracterizada pelas suas excelentes câmaras frontais.

Vê também: Xiaomi Mi Max aparece na TENAA com ecrã de 6.44″ FHD

   

Por essa lógica, o tal novo phablet será o Sony Xperia C6 Ultra, o lógico sucessor do Xperia C5 Ultra chegado ao mercado em agosto passado. É esse mesmo Sony Xperia C6 Ultra que hoje nos é mostrado num conjunto de renders, que para nosso maior agrado vem acompanhado pelas suas especificações.

The-Sony-Xperia-C6-Ultra-leaked-renders2

Estes renders vão de encontro ao que já sabíamos. O equipamento acaba por ser inconfundível graças à sua lente frontal de grandes dimensões, não descartando também umas margens bastantes reduzidas e uma laterais arredondadas que me agradam bastante.

Olhando agora para um dos principais atrativos de qualquer smartphone, as suas especificações, este Sony Xperia C6 Ultra deverá possuir um ecrã de 6 polegadas, com uma resolução de 1920 x 1080 pixels. O seu processador deverá ser um octa-core MediaTek MT6755 a 1.9GHz, gráfica Mali-T860, 2GB de RAM e 16GB de memória interna expansíveis.

The-Sony-Xperia-C6-Ultra-leaked-renders8

Olhando ainda para as câmaras que deverão ser utilizadas neste Xperia C6 Ultra, o sensor principal será um de 20MP, enquanto o frontal será de 16MP, acompanhado por um flash LED. Numa era onde as selfies parecem continuar na moda, um sensor deste género fará as delicias desses amantes.

Tal como podes constatar pelas informações aqui avançadas, este Sony Xperia C6 Ultra encaixar-se-á no mercado de gama média, à semelhança dos seus antecessores. Caso a Sony venha a dar um ano como ciclo de vida ao seu Xperia C5 Ultra, este C6 Ultra poderá vir a ser apresentado pela mesma altura e portanto os rumores em torno dele deverão adensar-se.

Talvez queiras ver:

Viaphonearena
FonteNowhereElse
O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.