Sony irá finalmente lançar um concorrente ao Xbox Game Pass para a PlayStation

Carlos Oliveira
Comentar

O jornalista Jason Schreier, através da Bloomberg, acaba de noticiar aquilo que os fãs PlayStation há muito desejam. Segundo o que ele conseguiu apurar, a Sony está a trabalhar num serviço de subscrição que irá concorrer com o Xbox Game Pass.

Para quem não está familiarizado com o serviço, trata-se de um plano de subscrição mensal que oferece uma vasta biblioteca de jogos, muitos logo no dia de lançamento. Este formato é um dos grandes sucessos da Microsoft e parece que a Sony está pronta para lhe fazer frente.

Sony lançará o seu serviço de subscrição para a PlayStation em 2022

Segundo fontes com conhecimento de causa e documentos vistos pela Bloomberg, a Sony está mesmo a desenvolver um serviço de subscrição de jogos. O novo produto tem o nome de código Spartacus e será lançado na primavera de 2022.

PlayStation

Este novo serviço irá fundir os serviços PlayStation Now e Plus que a Sony oferece atualmente para os utilizadores PlayStation. Um produto que estará disponível para os detentores de uma PS4 e PS5.

Segundo os documentos a que a fonte teve acesso, a Sony irá manter o nome PlayStation Plus, mas irá desfazer-se do PlayStation Now. Isto indicia que o próximo serviço de subscrição da nipónica adotará a nomenclatura do primeiro.

Com ele, os utilizadores terão acesso a um catálogo de jogos atuais e clássicos para as consolas PlayStation. Ser-lhes-á solicitada uma mensalidade para poderem jogar os títulos incluídos no serviço, além de poderem usufruir das potencialidades multiplayer oferecidas atualmente pelo PlayStation Plus.

Existirão três patamares de subscrição

O novo serviço colocará ao dispor dos jogadores três opções de subscrição. Cada um terá certamente uma mensalidade diferente e oferecerá diferentes regalias que se ajustarão às necessidades de todos os utilizadores.

O primeiro patamar oferecerá todas as regalias atualmente vigentes no PlayStation Plus. O segundo patamar de subscrição dará acesso a um vasto catálogo de títulos para a PS4 e eventualmente também da PS5.

Por fim, temos o terceiro patamar com um leque de opções mais robusto. Este dará acesso a demos alargadas, streaming de jogos e ainda aos clássicos da PS1, PS2, PS3 e PSP.

Confrontado com este relatório, um representante da PlayStation não quis comentar a situação. Ficamos assim a aguardar por uma pronúncia oficial da parte da Sony acerca desta matéria.

Relembro que Jim Ryan, CEO da PlayStation, já várias vezes comentou que o negócio desenvolvido pelo Xbox Game Pass seria financeiramente ruinoso para a Sony. Contudo, parece que a nipónica mudou de ideias e irá mesmo aderir ao modelo de subscrição.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.